10 anos de Operação “SARSUB-Tikuna/2009”

Imagem via Marinha do Brasil.
Subscribe
Voiced by Amazon Polly

Por: Redação OD.

O Comando da Força de Submarinos (ComForS) realizou a Operação “SARSUBTikuna/2009”, em Angra dos Reis-RJ, durante o mês de fevereiro. 

No dia 12, foi registrado um marco histórico para esse tipo de exercício: o resgate de quatro tripulantes do Submarino

“Tikuna” (S-34), sendo dois deles oficiais observadores da Marinha Americana e da Armada do Chile. 

Imagem via Marinha do Brasil.

A operação constituiu-se na localização do submarino sinistrado; passagem de ar e material para prover suporte à vida dos tripulantes; escape individual pela guarita de salvamento; e acoplamento do sino de resgate à escotilha de salvamento do submarino pousado no fundo do mar, em simulação a um acidente.

Nesse exercício, após a abertura da escotilha, um médico passou para o interior do submarino e quatro tripulantes passaram para o sino de resgate. Em seguida, os tripulantes foram trazidos à superfície e desembarcados no Navio de Socorro Submarino (NSS) “Felinto Perry” , onde passaram, simuladamente, aos cuidados da equipe de médicos e enfermeiros hiperbáricos.

Esta foi a primeira vez que o NSS “Felinto Perry” realizou o acoplamento do seu sino de resgate no “Tikuna”, após já ter realizado em todos os submarinos da

Classe “Tupi”.

Operação “SARSUB-Tikuna/2009”

O exercício foi acompanhado pelo Comandante-em-Chefe da Esquadra, V Alte Fernando Eduardo Studart Wiemer, e pelo Comandante da Força de Submarinos, C Alte Bento Costa Lima Leite de Albuquerque Junior.

O sucesso da Operação “SARSUB-Tikuna/2009” qualificou e capacitou os meios navais participantes, ratificando a posição da Marinha do Brasil no seleto grupo de países que possuem a capacidade de prestar socorro à tripulação de submarinos sinistrados.

Com informações via Marinha do Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here