1ª Brigada de Infantaria de Selva realiza cerimônia de passagem de comando

O General de Brigada Adriano Fructuoso da Costa, assume o comando da 1ª Bda Inf Sl no lugar do General de Brigada Marcio Bessa Campos, que estava no comando desde 1º de Dezembro de 2018

blank

Cumprindo as diretrizes impostas pela crise do novo coronavírus no âmbito do Exército Brasileiro (EB) e com o intuito de evitar aglomeração, a 1ª Brigada de Infantaria de Selva (1ª Bda Inf Sl) – “Brigada Lobo D’Almada”, realizou cerimônia de Passagem de Comando.

A cerimonia ocorrida no dia 27 de agosto, foi realizada de forma interna, seguindo os protocolo. Mesmo assim, a noite no Quartel-General da Brigada Lobo D’Almada, foi marcada por uma solenidade diferente das tradicionalmente realizadas nos Comandos das Brigadas de Selva.

blankNo salão de honra, foi inaugurado o retrato do General de Brigada Marcio Bessa Campos. O Comandante Militar da Amazônia, General de Exército Estevam Cals Theóphilo Gaspar de Oliveira, que presidiu a solenidade, saudou o, agora, antigo comandante, juntamente com as demais autoridades militares.

O General Bessa, oriundo do Comando Militar do Oeste, onde era Chefe do Estado-Maior, assumiu o comando da 1ª Bda Inf Sl em 1º de Dezembro de 2018. Durante o seu comando, conduziu inúmeras operações militares em todo estado de Roraima, vigiando e protegendo 1.922 km de linha de fronteira com a Guiana e a Venezuela.

Intensificou o combate aos ilícitos transfronteiriços e ambientais. Com ações cívico-socais, levou às 32 terras indígenas roraimenses atendimento médico-odontológico, medicamentos e gêneros básicos.

Após quase dois anos à frente da 1ª Bda Inf Sl, o General Bessa seguirá para Brasília, onde assumirá o cargo de 4º Subchefe do Estado-Maior do Exército.

blankAo ser nomeado para assumir o Comando da Brigada Lobo D’Almada, o General de Brigada Adriano Fructuoso da Costa, servia no Departamento de Educação e Cultura do Exército.

Dentre as funções exercidas ao longo de 37 anos de serviço, o novo Comandante da 1ª Bda Inf Sl comandou: o 26º Batalhão de Infantaria Pára-quedista, a Companhia de Precursores Pára-quedista e o Centro de Instrução Pára-quedista General Penha Brasil. No exterior, foi Chefe de Operações do 17º Contingente do Batalhão Brasileiro de Força de Paz no Haiti.

Fonte: 1ª Bda Inf Sl