1º Batalhão de Infantaria de Selva Aeromóvel inicia atividades do Núcleo de Formação de Reservistas da Amazônia

O projeto pioneiro visa centralizar a formação dos soldados do efetivo variável

blank

O 1º Batalhão de Infantaria de Selva Aeromóvel (1º BIS (Amv)) iniciou no dia 04 de janeiro, as atividades do projeto piloto do Núcleo de Formação de Reservistas do Comando Militar da Amazônia (NFR/CMA).

O projeto pioneiro visa centralizar a formação dos soldados do efetivo variável (EV) do 1º BIS (Amv)), 7º Batalhão de Polícia do Exército  (7º BPE) e do 4º Batalhão de Aviação do Exército (4º BAvEx).

Os período de Instrução Individual Básica e da Qualificação Comum serão condensados em nove semanas, sendo cinco de internato, visando desonerar as Organizações Militares (OM) selecionadas dos encargos de formação e permitindo quem em 05 de março, as OM selecionadas, recebam os soldados aptos ao desempenho de todas as atividades básicas e assim aumentar a situação de prontidão do CMA.

O NFR/CMA irá funcionar em 2021 com 352 soldados e contará com uma equipe de 78 instrutores, monitores e militares de apoio selecionados entre as OM participantes. Esses militares estarão exclusivamente dedicados as atividades do NFR, permitindo um melhor rendimento e padronização na formação dos recrutas.

Em função da pandemia do COVID-19, todas as atividades serão executadas seguindo todos os protocolos de prevenção, como distanciamento, uso de máscaras, medição de temperatura, testagem sorólogica, entre outras medidas.

  • Com informações do site Ariquemes Online