Contra-Almirante Fuzileiro Naval que idealizou construção da Área de Apoio Administrativo passa a dar nome a localidade

Em reconhecimento ao intenso trabalho do Contra-Almirante (FN) José Carlos Ribeiro da Silva na construção da Área de Apoio Administrativo (AApAdm) de Itaóca, o Comandante-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais, Almirante de Esquadra (FN) Alexandre José Barreto de Mattos, resolveu atribuir o nome do Almirante José Carlos, falecido em 2015, à Organização Militar (OM), situada no distrito de Cachoeiro do Itapemirim, no Espírito Santo.

A esposa do Almirante José Carlos, Odaleia Matos de Oliveira Ribeiro, suas filhas Érica e Vanessa e o neto Eduardo, de 10 anos, foram convidados a acompanhar a cerimônia de atribuição do novo nome da AApAdm, realizada na manhã de 10 de março, na própria OM.

Muito emocionada com a homenagem, Odaleia foi convidada a descerrar a placa, na companhia do AE Alexandre e do Comandante da Força de Fuzileiros da Esquadra, Vice-Almirante (FN) Paulo Martino Zuccaro, que, em seu discurso, afirmou que a nomeação vai muito além do trabalho do Almirante José Carlos na criação da Área de Apoio de Itaóca.

“Trata-se de uma homenagem a um grande Chefe Naval, a um líder e uma pessoa que deixou sua marca no Corpo de Fuzileiros Navais. Nós, que tivemos a oportunidade de sermos subordinados ao Almirante José Carlos em algum momento da carreira, sabemos o quanto essa homenagem é justa”, destacou.

O Comandante-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais, que foi imediato do Almirante José Carlos durante um ano, apontou o ritmo intenso de trabalho e a cordialidade para com os subordinados como algumas das características mais marcantes do CA José Carlos.

“Ele sempre tinha uma solução brilhante para os problemas mais complexos com uma rapidez impressionante”, disse, completando que o trabalho do Almirante José Carlos foi fundamental para a rapidez da criação da Área de Apoio, que ficou pronta em menos de um ano.

“É um momento de muita emoção para mim, um momento em que se faz justiça ao Chefe Naval, ao almirante, ao pai, ao marido, ao ser humano e à forma como ele se comportou durante toda a sua vida. Ele estará para sempre guardado em nossas lembranças e em nossos corações”, concluiu, pedindo uma salva de palmas ao Almirante José Carlos.

Área de Apoio Administrativo de Itaóca

Enquanto Comandante da Tropa de Reforço, de abril de 2002 a abril de 2005, o Almirante José Carlos esteve à frente do processo de edificação da Área de Apoio Administrativo de Itaóca. Em 2004, quando teve início a construção, liderou as equipes de ação de presença, importante etapa do processo que visava ao controle e à vigilância dos terrenos de propriedade da Marinha na região.

À época, foram empenhados esforços para a edificação das primeiras instalações semipermanentes no local, as quais seriam fundamentais para o apoio a manobras e exercícios conduzidos todo ano pelo CFN.

A área de Itaóca foi escolhida por suas características geográficas consideradas propícias ao adestramento de fuzileiros navais, sendo utilizada desde a década de 80 para o preparo dos combatentes anfíbios.

Anualmente, são realizados 18 exercícios nesta região, ao longo de mais de 160 dias do ano e com a participação de cerca de onze mil militares.

  • Com informações do CGCFN


Receba nossas notícias em tempo real pelos aplicativos de mensagem abaixo:

Ninguém do DefesaTV está autorizado a entrar em contato com os leitores. Caso deseje de alguma informação envie um e-mail [email protected]

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!