A origem da Boina Preta

blank

Google News

As diversas tropas sempre procuraram se diferir de um “esteriótipo” de outras, por conta apenas de seus “egos” de espirito de corpo. A morte é igual, para todos combatentes que vertem sangue em espasmos terminais, nos campos de batalhas do mundo, seja de qual forma estejam fardados.

Ocorre, entretanto que quando tropas blindadas Aliadas (Mais aptas a morrerem calcinadas dentro de Carros Blindados) foram utilizadas em grande número nos combates contra Rommel, na África do Norte, foi preciso supri-las de um diferencial.

Sim!!! O soldado de infantaria, naqueles desertos de areia, ainda poderia ser socorrido, quando ferido. O combatente blindado, Arma oriunda das antigas táticas de Cavalaria hipomóvel, fazendo parte de guarnição de blindados, caso tivesse o seu atingido, geralmente morreria calcinado pela explosão do combustível, bem como da própria munição estocada na torre. Sem chances…

Daí a “boina preta”, que se sujaria menos em meio as graxas e óleos das manutenções que as tripulações de blindados eram obrigadas a fazer para manter operante o seu “cavalo do deserto”.

Essa é a origem da “boina preta “, hoje, internacionalmente adotada por todos os exércitos ocidentais, no que se refere a tropas que usam blindados, como cavalaria ostensiva ou como infantaria embarcada em viaturas blindadas.



Receba nossas notícias em tempo real nos seguindo pelos aplicativos de mensagem abaixo:

blank
blank

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

Assista nosso último episódio:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here