Academia Militar das Agulhas Negras conclui a Manobra Escolar, coroando o ano de instrução

Considerada o maior exercício da Academia, a manobra tem como objetivo o aprendizado prático num contexto de conflito contemporâneo, em que são realizadas operações no amplo espectro

A  Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) realizou de 16 a 20 de novembro a Manobra Escolar 2020, no sul fluminense. Durante os cinco dias de atividade, estiveram envolvidos cerca de 2.700 militares de diversas unidades, além de 361 viaturas e 5 aeronaves.

Considerada o maior exercício da Academia, a manobra tem como objetivo o aprendizado prático do cadete, num contexto de conflito contemporâneo, em que são realizadas operações no amplo espectro, as quais integram ataques contra oponentes armados e aplicação dos meios de combate em ações de caráter ofensivo, defensivo, de pacificação, de garantia da lei e da ordem.

Um universo de tática, técnicas e procedimentos, que visam aprimorar o futuro oficial combatente de carreira do Exército Brasileiro.

Na AMAN, vivem pouco mais de 1.700 cadetes de todas as Armas, Quadro e Serviço. Como neste ano o exercício teve como foco principal o cadete, foi dada autonomia aos que exerceram funções de comando junto às suas tropas, iniciativa, a qual, foi vista como um dos pontos relevantes para o sucesso da Manobra.

Coube aos oficiais instrutores dos cursos orientar e observar, se preciso fosse. Além das atividades no campo de instrução da Academia, a cidade de Quatis, o distrito de Pedra Selada e as regiões de Fumaça, Monet e Monte Castelo também receberam os militares, que treinam constantemente o aprimoramento da doutrina militar.

Para além do material de emprego militar da Academia, destaca-se o apoio de diversas organizações militares, dentre elas, o Comando de Aviação do Exército (CAVEx), o Centro de Adestramento-Leste (CA-Leste) e da Escola de Formação Complementar do EB (EsFCEx).

De forma inédita, foi empregada a tecnologia da Seção de Simulação da AMAN em todas as ações da Manobra, o que gerou maior agilidade e realismo ao combate.

Os meios digitais também se fizeram presentes no Sistema de Inteligência, com o apoio da Cadeira de Cibernética, e no Centro de Operações, com a utilização de softwares, que possibilitaram um acompanhamento mais detalhado das ações planejadas e executadas.

Além dos meios de divulgação institucionais, o evento foi amplamente divulgado pela mídia, sendo citado em ao menos 14 veículos de imprensa da Região e nacionais.

Para que todas atividades da Academia sejam realizadas com sustentabilidade econômica e respeito ao patrimônio público, logo após o exercício ocorreu a manutenção de todos os meio utilizados.

A AMAN sente orgulho por mais um evento realizado com a integração dos cursos e com a certeza de ser uma oportunidade ímpar para que o cadete do 1º ano possa fazer a escolha de sua arma, a partir da experiência prática vivenciada na Manobra que, por sua vez, contou com a grande disponibilidade de meios de emprego militar.

Fonte: AMAN


Receba nossas notícias em tempo real nos seguindo pelos aplicativos de mensagem abaixo:

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

Assista nosso último episódio: