Academia Militar das Agulhas Negras inaugura seu Simulador de Batalha (SIMBAT)

blank

Seguindo as diretrizes educacionais do Departamento de Educação e Cultura do Exército (DECEx), e com o apoio do Comando de Operações Terrestres (COTer), a Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) inaugurou, em 28 de novembro de 2018,  o Simulador de Batalha (SIMBAT), que juntamente com o Simulador de Apoio de Fogo (SIMAF), já em operação desde 2016, configuraram a Seção de Simulação da Academia Militar das Agulhas Negras, Seção de Simulação General Paiva.

O SIMBAT é um ambiente dedicado a operação do software de simulação Virtual Battle Space 3 (VBS 3), utilizado para simulação virtual da atuação das diversas funções de combate atuando no campo de batalha e referência em simulação militar em diversos países do mundo, notadamente no contexto da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN). O simulador é composto por uma infraestrutura física para planejamento, emissão de ordens e análise pós-ação, duas salas de simulação e material de tecnologia da informação (TI) especializado e adequado para emprego do software.

Leia também:


As licenças foram obtidas pelo Comando de Operações Terrestres (COTer) em licitação internacional, sendo 40 delas destinadas à AMAN. Essa nova ferramenta tecnológica será muito importante para manter a formação dos futuros líderes da Força Terrestre no mais alto nível e em consonância com as mais modernas técnicas educacionais, permitindo maior economia, segurança e eficiência no ensino de diversas competências requeridas para a formação eficiente de comandantes de fração até o nível Subunidade.

A cerimônia de inauguração dessa importante ferramenta foi presidida pelo Comandante da AMAN, General de Divisão Ricardo Augusto Ferreira Costa Neves e conduzida pelo Instrutor Chefe da Seção de Simulação, Maj Art Jefferson Jesus Cavalcanti Silva Mendes, contando, ainda, com a participação de diversos militares da AMAN, notadamente do Corpo de Cadetes.  O Gen Costa Neves ressaltou os avanços educacionais da AMAN e a importância da simulação de combate para o futuro da Força Terrestre. Por fim, ocorreu uma breve explanação acerca do novo simulador e uma demonstração na qual cadetes do 3º ano dos Cursos de Infantaria, Cavalaria e Engenharia já empregaram o novo software de simulação.

Fonte: AMAN 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here