Acidente no aeroporto de Murmank com Tu-22M3, deixa dois mortos e dois feridos em estado grave

Dois pilotos morreram e outros dois tripulantes ficaram feridos, durante um pouso de emergência de um bombardeiro Tu-22M3, no aeroporto de Murmansk nesta terça-feira dia 22. Segundo a informações vindas do Ministério da Defesa, o acidente ocorreu durante uma manobra para realizar o pouso no aeroporto, onde as condições climáticas na região eram péssimas. O acidente aconteceu por volta das 13h40 do horário local (8h40, no horário de Brasília). “Em 22 de janeiro, um bombardeiro Tu-22M3, depois de completar um voo de treinamento programado na região de Murmansk, fez um pouso forçado quando se deparou com uma forte nevasca (…) Segundo um relatório, duas vitimas não identificadas ainda foram levadas para um centro médico, onde estão recebendo a assistência necessária. Dois membros da tripulação morreram no local da queda”, disse o ministério em um comunicado. 

O ministério relatou que a aeronave se desintegrou durante a aterrissagem. “O bombardeiro se desintegrou depois de tocar na pista de pouso (…) Não havia armas a bordo”, informou a entidade militar. De acordo com fontes, os médicos estimam que os dois sobreviventes estejam em estado grave. O Tu-22M é um bombardeiro estratégico supersônico de longo alcance desenvolvido pelo escritório de projetos Tupolev e projetado para destruir alvos navais e terrestres a uma distância de até 2.200 km a partir de de sua base, é equipado com mísseis guiados e bombas. Incorporado às Forças Armadas russas em 1989, o bombardeiro foi usado ativamente em missões na Síria, onde lançou ataques contra as instalações terroristas.
* Com informações de agências de notícias internacionais


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below