Ações entre OM´s da Marinha do Brasil, realizam inédita ação de Guerra Eletrônica

Militares do Centro de Guerra Eletrônica da Marinha, 1° Esquadrão de aviões de Interceptação e Ataque, 1° Esquadrão de Helicópteros Anti Submarino e Grupo de Fiscalização e Recebimento das Aeronaves AF-1/C
No último dia 21 de setembro, em uma união de esforços coordenado pelo Grupo de Fiscalização e Recebimento das aeronaves AF-1/1A, o Centro de Guerra Eletrônica da Marinha (CGEM), o 1° Esquadrão de Helicópteros Anti Submarino (HS-1) e o 1° Esquadrão de aviões de Interceptação e Ataque (VF-1), com o apoio da Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate, a Marinha do Brasil realizou uma inédita ação de Guerra Eletrônica nas instalações do Complexo Aeronaval, em São Pedro da Aldeia. O evento consistiu na coleta dos parâmetros reais de emissões, em todos os modos de transmissão, do novo Radar instalado nas aeronaves modernizadas AF-1B/C. 

As emissões foram recebidas, identificadas e armazenadas pela aeronave SH-16 (Esquadrão HS-1), que possui capacidade de Inteligência Eletrônica. Os dados serão analisados minuciosamente pelo CGEM, responsável em prover a biblioteca de guerra eletrônica dos meios no âmbito da Marinha do Brasil (MB). O objetivo

Militar do 1° Esquadrão de Helicópteros Anti Submarino
analisa dados do ensaio

primário desse Ensaio em Solo foi permitir o desenvolvimento de uma Biblioteca de Guerra Eletrônica (Biblioteca de Ameaças) necessária para ser carregada nas aeronaves AF-1B/C, as quais realizarão, em breve, um Ensaio em Voo visando à validação final do novo Sistema Radar Warning Receiver (RWR).

Oportunamente, serão realizados exercícios com o AH-15B (Super Cougar), incrementando de forma contínua as capacidades de guerra eletrônica da MB. O resultado desta ação conjunta, representa um incremento do Poder Naval, com o acréscimo nas capacidades do Porta-Helicópteros Multipropósito “Atlântico” e sua Ala Aérea embarcada, e aumento nas capacidades operacionais do AF-1B/C, permitindo a participação mais eficaz em diversas operações.
Fonte e Fotos: CCSM


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below