Administração Biden deu ao Talibã uma lista de ‘cidadãos americanos e aliados afegãos’

blank
Imagens via redes sociais.

O governo de Joe Biden teria informado ao Taleban uma lista dos nomes de cidadãos dos Estados Unidos, estrangeiros titulares de green card e outros aliados afegãos que trabalharam para os EUA e OTAN, e que precisavam ter permissão para entrar no aeroporto para serem evacuados, uma decisão que gerou indignação generalizada de autoridades e críticos.

A medida, detalhada para algumas redes de TV, inclusive o Daily Wire (fonte principal da matéria) foi detalhada por três funcionários civis e militares do governo dos EUA e do Congresso, e foi projetada teoricamente para acelerar a evacuação de dezenas de milhares de pessoas de regiões afastadas, enquanto o caos estourou na capital do Afeganistão na semana passada depois que o Taleban assumiu o controle do país.

Mas a decisão de fornecer nomes específicos ao Taleban, que tem uma história de assassinato brutal de afegãos que colaboraram com os EUA e outras forças da coalizão durante o conflito, irritou legisladores e oficiais militares. T

Também existe uma informação ainda não comprovada que o governo Biden teria pago antecipadamete 100 mil dólares por cidadão americano que ainda estaria fora da capital Kabul, para garantir um “passe livre” para que esses pudessem chegar ao aeroporto.

Porém como se sabe, o Talebã não está cumprindo os acordos e está prendendo os colaboradores afegão que eles podem encontrar, para seus próprios “justiçamentos”, ou para estorquir mais dinheiro do governo dos EUA.

Recentemente, chegou ao conhecimento público dos EUA a história de um grupo de estudantes e pais destes, oriundos da Califórnia, que foram resgatados por esforços independentes da associação da universidade e da igreja deles, que contratou um voo especial de repatriamento, segurança de PMC’s e as somas em dinheiro exigidas pelos Talebãs para o passe seguro até o aeroporto de Kabul. Tudo sem depender de qualquer ajuda do governo americano.

Um funcionário do Pentágono disse aoDailyWire e a Fow News sob anonimato que a administração Biden efetivamente “colocou todos aqueles afegãos em uma lista da morte”.

“É simplesmente terrível e chocante e faz você se sentir maldito”, acrescentou o funcionário.

Entre a opinião pública, políticos republicanos e até mesmo democratas, jornalistas, críticos e militares anônimos, todos expressaram fúria com a decisão do fornecimento da lista ao Talebã e o pagamento antecipado de passes em dinheiro vivo ao Talebã.

Com informações Fox News, Dailywire, CBS News, via redação Orbis Defense Europe/Genebra.

Fonte principal: https://www.dailywire.com/news/breaking-biden-admin-gave-taliban-list-of-american-citizens-green-card-holders-and-afghan-allies-that-needed-to-get-into-airport-report