Air Race E: Primeira corrida de aviões elétricos em parceria com a Airbus acontecerá em 2020

Subscribe
Voiced by Amazon Polly

A empresa aeroespacial Airbus, acaba de anunciar uma parceria global com a “Air Race E”, para a edição da primeira corrida de aviões elétricos do mundo e que deverá ocorrer já em 2020. A Airbus é Parceira Fundadora Oficial da Air Race E. A competição busca estimular o desenvolvimento e adoção de motores elétricos mais limpos, rápidos e mais tecnologicamente avançados que possam ser utilizados em veículos aéreos de mobilidade urbana e, eventualmente, em aeronaves comerciais. A Air Race E seguirá um formato similar ao do popular campeonato Air Race 1 do esporte conhecido como corrida aérea de fórmula um.

Oito aviões com motores elétricos competirão diretamente em um circuito estreito de 5 quilômetros, a apenas 10 metros acima do chão e a velocidades mais rápidas do que as vistas em qualquer esporte a motor praticado em terra.  “Queremos motivar produtores a demonstrarem suas novas tecnologias em todas as categorias de sistemas de propulsão elétrica e seus componentes”, disse Grazia Vittadini, Diretora-Chefe de Tecnologia da Airbus. “Essa parceria permite que demonstremos nosso comprometimento com manter a liderança no que diz respeito a propulsão elétrica e desenvolvimento de um novo ecossistema”.  

“Estamos muito felizes e otimistas com relação ao sucesso de termos a Airbus como nossa Parceira Fundadora Oficial. Essa parceria representa um importante marco na evolução do uso de energia elétrica no setor de aviação. Juntos, estamos trabalhando para criar uma plataforma principal por meio da qual será possível desenvolver, nutrir e acelerar cada vez mais o avanço da propulsão elétrica”, afirma CEO da Air Race E, Jeff Zaltman. A Airbus trabalhará juntamente com outros parceiros da Air Race E, incluindo a Universidade de Nottingham. A Universidade está atualmente desenvolvendo um protótipo de avião de corrida que funciona com um sistema integrado composto de motor elétrico, bateria e eletrônica de potência. O avião ajudará na construção do formato e das regras para a primeira edição da corrida Air Race E em 2020.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here