Alunos do Curso de Altos Estudos em Defesa realizam visita técnica à área do Comando Militar do Norte

blank

Google News

De 30 de agosto a 3 de setembro, o Comando Militar do Norte (CMN) recebeu os alunos do Curso de Altos Estudos em Defesa – Campus Brasília, da Escola Superior de Guerra (ESG). O Comandante Militar do Norte, General de Exército Chalella, fez a abertura do evento e abordou sobre o Comando Militar do Norte, suas fronteiras, espaços estratégicos, operações e sobre o Macroprojeto CMN Amplo.

A viagem à área do Comando Militar do Norte, na Amazônia Oriental, teve por objetivo conhecer na prática o que é visto em sala de aula, além de produzir e disseminar conhecimento na área de defesa com visão interdisciplinar. Para a Professora Doutora da ESG, Viviane Caminha, o curso é um diferencial uma vez que permite que os discentes façam as conexões entre teoria e prática. Os concluintes do Curso de Altos Estudos em Defesa, após 10 meses e apresentação de artigo científico, recebem o certificado de especialista em Defesa.

Para a Assessora de Comunicação da Secretaria de Assuntos Estratégicos do Ministério Defesa, Adriana Fontes, conhecer em loco e estudar a Amazônia Oriental é singular. Já para o Coronel PM do Distrito Federal, o curso possibilita conhecer a importância estratégica das riquezas e da biodiversidade dessa área do País. “O Curso permite conhecer em loco, a dificuldade, a maravilha que é o ambiente operacional da Amazônia Oriental”, finalizou o Assessor do Gabinete do Comandante do Exército, Coronel Orlando. A segunda palestra foi realizada pelo Comandante da 8ª Região Militar, General de Divisão Miranda Filho, que abordou a 8ª Região Militar, braço logístico e administrativo do CMN.

Durante a visita os alunos conheceram a Comissão de Aeroportos da Região Amazônica (COMARA), o Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (CENSIPAM), a Base Naval de Val-de-Cães, o 4º Distrito Naval e Ala 9. No último dia de atividades, os alunos conheceram o Pelotão de Fronteira de Clevelândia do Norte, no Estado do Amapá. Na ocasião, os alunos puderam conhecer onde começa o Brasil, além do trabalho dos militares nas áreas de Fronteira.

Para o Comandante da 22ª Brigada de Infantaria de Selva, General de Brigada Gobert, foi uma grata satisfação receber os alunos, e o mais importante possibilitar a eles essas experiências na área da Amazônia Oriental que poderão ser difundidas nas diferentes instituições as quais eles fazem parte.



Fonte