Amazul abre processo seletivo com 67 vagas temporárias para nível médio e superior

A empresa Amazônia Azul S/A (Amazul) está com processo seletivo abeto para 67 vagas e cadastro de reserva para profissionais de ensino médio e superior. Os contratos de trabalho serão celebrados por prazo determinado para preencher o quadro temporário de pessoal.

As inscrições podem ser feitas pelo site do Idecan – Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (www.idecan.org.br) no período de 13 de janeiro a 9 de fevereiro de 2020.

A taxa de inscrição é de R$ 70,00 para cargos de nível médio e de R$ 100,00 para nível superior. O edital do Processo Seletivo Simplificado nº 01/2020 está disponível no site do Idecan. Os candidatos devem ler o edital completo devido às especificidades das vagas.

Há vagas para os seguintes cargos: analista administrativo (1), analista de desenvolvimento de sistemas (1), analista de negócios (1), analista de sistemas (3), arquiteto (3), contador (2), engenheiro civil (3), engenheiro de energia (1), engenheiro de produção (7), engenheiro de telecomunicações (1), engenheiro eletricista (6), engenheiro mecânico (11), engenheiro naval (2), engenheiro nuclear (2), engenheiro para atuar em instrumentação e controle (1), engenheiro para atuar em proteção e combate a incêndio (1), engenheiro para atuar em gestão de qualidade (1), engenheiro químico (3), especialista em tecnologia de desenvolvimento nuclear e defesa – proteção radiológica (1), físico (3), projetista civil (2), projetista de eletricidade (2), projetista de instrumentação e controle (1), projetista mecânico (5), químico (1), tecnólogo em projetos mecânicos (1), webdesigner (1). Todos os cargos também têm cadastro de reserva.

Estão previstos alguns cargos somente com cadastro de reserva: analista de relações institucionais, assistente administrativo, engenheiro de automação e controle, engenheiro de materiais, pesquisador em História, técnico em eletrônica, técnico em mecânica e técnico em química.

O processo seletivo terá duas fases:

  • Prova objetiva para avaliação de conhecimentos gerais e específicos, de caráter eliminatório e classificatório; e
  • Avaliação de títulos e experiência profissional comprovada, de caráter classificatório.

Os contratados poderão ser alocados na sede da Amazul, em São Paulo, ou em qualquer outro local do território nacional. Atualmente, os empregados da Amazul trabalham na capital paulista, em Iperó (SP), Rio de Janeiro, Itaguaí (RJ) e Angra dos Reis (RJ). O contrato terá duração de seis meses, podendo ser prorrogado uma única vez até o limite de dois anos para atender às necessidades da Amazul.