Argentina perto de vender aeronaves IA 63 Pampa à Guatemala

O chanceler, Jorge Faurie, está otimista sobre o fim do acordo de livre comércio entre o Mercosul e a União Europeia, um dos temas que irão integrar a agenda da visita oficial do presidente brasileiro Jair Bolsonaro na quinta-feira (06) à Argentina.

” Temos progressos substanciais no Mercosul, avanços muito fortes nas duas últimas rodadas de negociações com implicações para a flexibilização da tarifa externa comum em alguns setores; este mês em Bruxelas, esperamos terminar o fechamento “, disse ele.

Nessa linha, criticou a decisão do ex-presidente Raúl Alfonsín, que não quis assinar um acordo com a empresa brasileira Embraer. “Foi uma falta de olhar histórico sério, um erro trágico que custou a consolidação da indústria aeronáutica argentina, recuperamos parte desse espaço e vendemos o IA 63  Pampa para a Bolívia, está quase fechado com a Guatemala, e há negociações avançadas com o Paraguai “, concluiu.

Durante almoço com empresários organizado pela Bolsa de Valores de Córdoba, o chanceler insistiu na questão da Argentina se mover com “equilíbrio e inteligência” por conta da guerra tarifárias, em que os Estados Unidos e a China se enfrentam.

Pois o apoio do presidente Donald Trump, foi fundamental no Fundo Monetário Internacional (FMI) e para atrair investimentos e acesso ao mercado dos EUA, enquanto com a China há também um crescente fluxo comercial.

  • Com informações do jornal, La nacion, Por: Gabriela Origlia




Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here