Artilharia Divisionária da 5ª Divisão de Exército realiza adestramento em GLO

blank

A Artilharia Divisionária da 5ª Divisão de Exército (AD/5) realizou, no período de 27 a 30 de maio, a Operação Pinheiral de 2019, caracterizada como um exercício militar dentro de um quadro de operações de cooperação e coordenação com agências e de garantia da lei e da ordem (GLO).

As ações foram desenvolvidas por meio da Força-Tarefa Capital, constituída por efetivo de 470 militares das organizações do Exército sediadas em Curitiba (PR), com o apoio de integrantes da Polícia Militar do Estado e da Guarda Municipal da capital.

Na abertura da Operação Pinheiral, em 27 de maio, foi realizada uma palestra com a presença do Comandante da 5ª Divisão de Exército, General de Divisão Tomás Miguel Miné Ribeiro Paiva, e do Comandante Interino da AD/5, Coronel William Wilson Alexandre Rueda.

Em seguida, a Força-Tarefa Capital, integrada ainda por 60 viaturas sobre rodas, 8 viaturas sobre lagartas e 8 meios especializados, realizou o aprestamento no Campo de Parada do Forte do Pinheirinho, com apresentação também do material individual e coletivo.

Nos dias 28 e 29, foram desenvolvidos os incidentes planejados pela coordenação, que demandaram o planejamento e a execução das missões pela Força-Tarefa Capital.

Diversas situações militares simuladas foram resolvidas, compreendendo ações sobre reintegração de posse, desobstrução de vias urbanas, estabelecimento de posto de bloqueio e controle de vias urbanas e de posto de segurança estático, bem como operação de busca e apreensão.

No último dia do exercício, em 30 de maio, a Força-Tarefa Capital realizou uma demonstração de controle de distúrbios civis no Campo de Parada do Forte do Pinheirinho.

Na parte da tarde, a operação foi finalizada com a visita ao Centro Integrado de Comando e Controle Regional, para conhecer essa importante estrutura para o acompanhamento dos eventos no estado do Paraná.

A Operação Pinheiral possibilitou o adestramento da Força-Tarefa Capital para as ações de GLO, proporcionando a integração com as agências de segurança municipais e estaduais, bem como a difusão de conhecimentos relevantes sobre a atuação da tropa para a preservação da ordem pública, da incolumidade das pessoas e do patrimônio.

  • Com informações do CCOMSEx

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here