ASTROS 2020: Alcance – Precisão – Poder

O Brasil caminha para ser uma importante Nação, com projeção cada vez maior no contexto internacional, seja pela força de sua economia, com fulcro nas dimensões de seu território e na grandeza de suas riquezas, seja por sua natural liderança regional no continente sul-americano. Essas características impõem ao Brasil ter Forças Armadas estruturadas, equipadas, treinadas, adestradas, com grande poder de fogo, alcance e letalidade que lhe possibilitem respaldo as suas decisões soberanas nos foros internacionais.

No Processo de Transformação em desenvolvimento no Exército, foram elencadas onze novas capacidades, destacando-se a dissuasão extra regional, que se define como sendo a capacidade que tem uma Força Armada de “dissuadir a concentração de forças hostis junto à fronteira terrestre e às águas jurisdicionais e a intenção de invadir o espaço aéreo nacional, possuindo produtos de defesa e tropas capazes de contribuir para essa dissuasão e, se for o caso, de neutralizar qualquer possível agressão ou ameaça, antes mesmo que elas aconteçam”. 

Das várias estratégias para atingir essa capacidade, ressalta-se a que estabelece que a Força Terrestre (F Ter) possua um sistema de apoio de fogo de longo alcance e com elevada precisão. Para atender a essa estratégia, o Comandante do Exército determinou a elaboração do Programa Estratégico ASTROS 2020, a fim de dotar a F Ter de meios capazes de prestar um apoio de fogo de longo alcance, com elevada precisão e letalidade.

Com início no ano de 2012 e previsão de término em 2023, o Programa ASTROS 2020 contempla, em seu escopo, projetos de pesquisa e desenvolvimento (P&D), de aquisição e de modernização de viaturas do Sistema ASTROS e de construções de instalações de organizações militares. Na área de P&D encontram-se os projetos de desenvolvimento do Míssil Tático de Cruzeiro (MTC) de 300 Km e do Foguete Guiado SS-40G, ambos contratados junto à empresa AVIBRAS e executados em parceria com o Exército Brasileiro (EB), bem como o Sistema Integrado de Simulação ASTROS (SIS-ASTROS), desenvolvido pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

O projeto de aquisições de novas viaturas do Sistema ASTROS objetiva a compra de cerca de 50 viaturas, na versão MK-6, das quais 21 já foram adquiridas e entregues. O projeto de modernização contempla as 38 viaturas ASTROS das versões MK-2 e MK-3 do 6º Grupo de Mísseis e Foguetes (6º GMF) e visa colocá-las no mesmo patamar de funcionalidade e operacionalidade das viaturas MK-6. Até o momento, 30 viaturas já foram modernizadas e encontram-se em operação. Ambos projetos de aquisição e modernização são contratados junto à empresa AVIBRAS.

Na área da construção civil, o programa contempla a construção do Forte Santa Bárbara, situado na cidade de Formosa/GO, o qual irá centralizar todas as Organizações Militares relacionadas ao emprego de mísseis e foguetes do Exército Brasileiro. O Programa Estratégico ASTROS 2020, além de ser indutor de transformação do Exército Brasileiro, participa do desenvolvimento nacional, na medida em que, alinhado com a Política Nacional de Defesa e com a Estratégia Nacional de Defesa, proporciona o fomento da Base Industrial de Defesa, possibilita a geração de mais de 7.000 empregos diretos e indiretos nas áreas de ciência, tecnologia e construção civil, além de inserir o meio acadêmico nos assuntos de defesa.

1. OBJETIVO(S) DO PROGRAMA

a. Objetivo Geral

  • O objetivo precípuo do Programa Estratégico do Exército ASTROS 2020 é contribuir com a Dissuasão Extrarregional.

b. Objetivos Específicos

1) Incrementar as capacidades dissuasórias e de apoio de fogo terrestre de longo alcance do Exército Brasileiro por meio da(o):

  • Modernização do atual sistema de artilharia de foguetes ASTROS em uso no 6º GMF;
  • Criação, implantação e transformação das Organizações Militares (OM) que comporão o Forte Santa Bárbara (FSB);
  • Desenvolvimento de foguete-guiado SS-40G de maior precisão baseado no atual foguete de saturação de área SS-40;
  • Desenvolvimento de Míssil Tático de Cruzeiro (MTC) Solo-Solo com alcance de até 300 km;
  • Aquisição de um Sistema de Aeronave Remotamente Pilotada (SARP) para o apoio ao Sistema ASTROS;
  • Contribuição para a formulação de uma doutrina de emprego de MTC;
  • Implantação de um Centro de Planejamento e Coordenação e Apoio de Fogo.

2) Possibilitar ao Exército Brasileiro desenvolver e empregar o MTC e o Fgt G SS 40G.

3) Possibilitar ao Sistema de Mísseis de Foguetes do Exército Brasileiro o emprego de Simuladores.

4) Contribuir com as ações de reorganizar a Artilharia de Mísseis e Foguetes, dotando o Exército Brasileiro de novas capacidades de Apoio de Fogo, Planejamento e Coordenação de Fogos, bem como Busca de Alvos;

5) Implantar e construir o Forte Santa Bárbara, sediado em Formosa/GO, como base física (infraestrutura) para a Artilharia de Mísseis e Foguetes do Exército Brasileiro.

6) Aprimorar os procedimentos logísticos do Sistema ASTROS, por meio de uma metodologia adequada de Suporte Logístico Integrado (SLI), utilizando a estrutura do Centro de Logística de Mísseis e Foguetes (C Log MslFgt).

7) Contribuir para a Transformação do Exército, por meio do estabelecimento de novas capacidades na área de Doutrina, de Organização, do Adestramento, de Material, do Ensino, do Pessoal e da Infraestrutura (DOAMEPI).

8) Contribuir para o Fomento da Indústria Nacional de Defesa, em especial as empresas estratégicas de defesa, agregando novas tecnologias a serem desenvolvidas para atender ao PrgEE ASTROS 2020.

9) Contribuir para a implantação do Comando de Artilharia do Exército no Forte Santa Bárbara, de acordo com o Decreto nº 8.298, de 15 de agosto de 2014, conforme publicado no DOU de 18 de agosto de 2014 e de acordo com o previsto no PEEx 2016-2019.

2. ENTREGAS DO PROGRAMA

a. Viaturas modernizadas do Sistema ASTROS, na versão MK3-M;

b. Viaturas do Sistema ASTROS, versão MK6, para o 16º Grupo de Mísseis e Foguetes (16º GMF);

c. Foguete Guiado (SS-40G) de precisão superior aos foguetes balísticos atuais;

d. Míssil Tático de Cruzeiro de 300 Km de alcance;

e. Sistema de Aeronave Remotamente Pilotada (SARP) associado ao Sistema ASTROS e incorporado à Bateria de Busca de Alvos para proporcionar o seguro e eficaz emprego de munições de longo alcance, por meio de eficiente busca de alvos, de comando e controle oportunos e eficaz controle de danos;

f. Forte Santa Bárbara (FSB) composto pelas seguintes Organizações Militares (OM): o Comando de Artilharia do Exército, o atual 6º GMF, o 16º GMF, o Centro de Instrução de Artilharia de Mísseis e Foguetes (C InstMslFgt), o Centro Logístico de Mísseis e Foguetes (C Log MslFgt), o Centro de Planejamento e Coordenação e Apoio de Fogo, a Bateria de Busca de Alvos e a Base Administrativa do FSB e Campo de Instrução de Formosa, incluindo os paióis. Além disso, uma infraestrutura composta de instalações de segurança, esportivas e de Próprios Nacionais Residenciais complementará o FSB.

g. Instrumentação técnica do Campo de Instrução de Formosa para realizar a qualificação e determinação de desempenho de mísseis e foguetes, compatível com toda a família de foguetes, o Fgt SS 40 G, o MTC e o SARP.

h. Paiol específico de mísseis e foguetes no Depósito Central de Munições, em Paracambi/RJ.

i. Sistema Integrado de Simulação ASTROS (SIS-ASTROS), composto pelo Simulador Virtual Tático de Reconhecimento, Escolha e Ocupação de Posição (REOP), Simuladores Virtuais Técnicos do Sistema ASTROS e Treinamento Baseado em Computadores (TBC) das Viaturas do Sistema ASTROS, na versão MK6, proporcionando adequada e oportuna inserção da Artilharia de Mísseis e Foguetes na estrutura da Força Terrestre.

3. PROJETOS

1. Projeto Míssil Tático de Cruzeiro – MTC 300

  • Desenvolvimento do MTC 300 para o Sistema ASTROS, atendendo aos conceitos de letalidade seletiva e proteção, entregando PRODE de elevado valor tecnológico. Inclui o desenvolvimento de Viatura Unidade de Apoio ao Solo (UAS).

2. Projeto Foguete Guiado SS – 40 G

  • Desenvolvimento do Foguete Guiado para o Sistema ASTROS, atendendo aos conceitos de letalidade seletiva e proteção, entregando PRODE de elevado valor tecnológico.

3. Projeto Viaturas do Sistema ASTROS

  • Caracteriza-se pela aquisição de viaturas ASTROS para a composição do 16º Grupo de Mísseis e Foguetes a ser localizado no Forte Santa Bárbara (FSB) e completar a dotação atual do 16º Grupo de Mísseis e Foguetes. Viaturas modelo TATRA MK – 6 características do Sistema ASTROS 2020 a serem adquiridas em lotes distintos ao longo do Programa ASTROS 2020.

4. Projeto Forte Santa Bárbara

  • Planejamento, concepção, elaboração de projetos arquitetônicos e de engenharia e coordenação dos trabalhos de implantação das OM que irão compor o FSB.

5. Projeto Simulação Integrada do Sistema ASTROS

  • Consiste na concepção e desenvolvimento de um sistema integrado de simulação para a formação, capacitação e adestramento da Artilharia de Mísseis e Foguetes envolvendo os níveis tático, operacional e estratégico.

6. Projeto Bateria de Busca de Alvos

  • Caracteriza-se por associação com a Doutrina e o estabelecimento físico da OM, estabelecer o Quadro de Organização (QO) da Bia BA.

7. Projeto Instrumentação Técnica para Campo de Instrução

  • Sistema de Instrumentação Técnica para Campo de Instrução, concebido e elaborado para módulos que possibilite o seu deslocamento para os vários locais onde poderão ser realizadas campanhas de testes de desenvolvimento e avaliação de PRODE.

8. Projeto Centro de Planejamento e Coordenação de Apoio de Fogo da F Ter.

  • Caracteriza-se por associação com a Doutrina e o estabelecimento físico da OM, estabelecer o Quadro de Organização (QO) do CCApFTer.

4. PRINCIPAIS ENTREGAS – PROGRAMA ASTROS 2020

2012/2013

– Contrato do Exército com a AVIBRÁS, em 2012, com previsão de entrega em outubro de 2013;
– 01 viatura ASTROS 2020 comando e controle (AV-PCC);
– 01 viatura ASTROS 2020 LANÇADORA MÚLTIPLA UNIVERSAL (AV-LMU);
– 01 viatura ASTROS 2020 POSTO METEOROLÓGICO ( AV-MET);
– 01 viatura ASTROS 2020 REMUNICIADORA (AV-RMD) Contrato do Exército com a AVIBRÁS, em 2012, com previsão de entrega em dezembro de 2013;
– 05 (Cinco) viaturas ASTROS 2020 Lançadoras Múltiplas Universais ( AV-LMV).

2014/2015

– Contrato de 36 meses para o desenvolvimento de Foguete Guiado (SSFOG) com a empresa AVIBRÁS, de São José dos Campos, SP.

2016/2017

– Contrato de 36 meses para o desenvolvimento do Míssil Tático de Cruzeiro ( MTC) com a empresa AVIBRÁS, São José dos Campos, SP.

Projeto de Modernização das Viaturas ASTROS para o modelo MK3-M:

– 12 (doze) viaturas Lançadoras Múltipla Universal (LMU) do 3° lote.

  Projeto de Aquisição de Viaturas ASTROS modelo MK6:

– 2 (duas) viaturas Unidade Controladora de Fogo (UCF) do 2º lote.

2018…

– Instalações do Centro de Instrução de Artilharia de Mísseis e Foguetes (C I Art Msl Fgt);

– Centro de Logística de Mísseis e Foguetes (C Log Msl Fgt).

Fonte: Escritório de Projetos do Exército (EPEx)



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below