ASTROS 2020: Alcance – Precisão – Poder

Google News

blankO Brasil caminha para ser uma importante Nação, com projeção cada vez maior no contexto internacional, seja pela força de sua economia, com fulcro nas dimensões de seu território e na grandeza de suas riquezas, seja por sua natural liderança regional no continente sul-americano. Essas características impõem ao Brasil ter Forças Armadas estruturadas, equipadas, treinadas, adestradas, com grande poder de fogo, alcance e letalidade que lhe possibilitem respaldo as suas decisões soberanas nos foros internacionais.

No Processo de Transformação em desenvolvimento no Exército, foram elencadas onze novas capacidades, destacando-se a dissuasão extra regional, que se define como sendo a capacidade que tem uma Força Armada de “dissuadir a concentração de forças hostis junto à fronteira terrestre e às águas jurisdicionais e a intenção de invadir o espaço aéreo nacional, possuindo produtos de defesa e tropas capazes de contribuir para essa dissuasão e, se for o caso, de neutralizar qualquer possível agressão ou ameaça, antes mesmo que elas aconteçam”. 

blankDas várias estratégias para atingir essa capacidade, ressalta-se a que estabelece que a Força Terrestre (F Ter) possua um sistema de apoio de fogo de longo alcance e com elevada precisão. Para atender a essa estratégia, o Comandante do Exército determinou a elaboração do Programa Estratégico ASTROS 2020, a fim de dotar a F Ter de meios capazes de prestar um apoio de fogo de longo alcance, com elevada precisão e letalidade.

Com início no ano de 2012 e previsão de término em 2023, o Programa ASTROS 2020 contempla, em seu escopo, projetos de pesquisa e desenvolvimento (P&D), de aquisição e de modernização de viaturas do Sistema ASTROS e de construções de instalações de organizações militares. Na área de P&D encontram-se os projetos de desenvolvimento do Míssil Tático de Cruzeiro (MTC) de 300 Km e do Foguete Guiado SS-40G, ambos contratados junto à empresa AVIBRAS e executados em parceria com o Exército Brasileiro (EB), bem como o Sistema Integrado de Simulação ASTROS (SIS-ASTROS), desenvolvido pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

blankO projeto de aquisições de novas viaturas do Sistema ASTROS objetiva a compra de cerca de 50 viaturas, na versão MK-6, das quais 21 já foram adquiridas e entregues. O projeto de modernização contempla as 38 viaturas ASTROS das versões MK-2 e MK-3 do 6º Grupo de Mísseis e Foguetes (6º GMF) e visa colocá-las no mesmo patamar de funcionalidade e operacionalidade das viaturas MK-6. Até o momento, 30 viaturas já foram modernizadas e encontram-se em operação. Ambos projetos de aquisição e modernização são contratados junto à empresa AVIBRAS.

Na área da construção civil, o programa contempla a construção do Forte Santa Bárbara, situado na cidade de Formosa/GO, o qual irá centralizar todas as Organizações Militares relacionadas ao emprego de mísseis e foguetes do Exército BrasileiroO Programa Estratégico ASTROS 2020, além de ser indutor de transformação do Exército Brasileiro, participa do desenvolvimento nacional, na medida em que, alinhado com a Política Nacional de Defesa e com a Estratégia Nacional de Defesa, proporciona o fomento da Base Industrial de Defesa, possibilita a geração de mais de 7.000 empregos diretos e indiretos nas áreas de ciência, tecnologia e construção civil, além de inserir o meio acadêmico nos assuntos de defesa.

1. OBJETIVO(S) DO PROGRAMA

a. Objetivo Geral

  • blankO objetivo precípuo do Programa Estratégico do Exército ASTROS 2020 é contribuir com a Dissuasão Extrarregional.

b. Objetivos Específicos

1) Incrementar as capacidades dissuasórias e de apoio de fogo terrestre de longo alcance do Exército Brasileiro por meio da(o):

  • Modernização do atual sistema de artilharia de foguetes ASTROS em uso no 6º GMF;
  • Criação, implantação e transformação das Organizações Militares (OM) que comporão o Forte Santa Bárbara (FSB);
  • Desenvolvimento de foguete-guiado SS-40G de maior precisão baseado no atual foguete de saturação de área SS-40;
  • Desenvolvimento de Míssil Tático de Cruzeiro (MTC) Solo-Solo com alcance de até 300 km;
  • Aquisição de um Sistema de Aeronave Remotamente Pilotada (SARP) para o apoio ao Sistema ASTROS;
  • Contribuição para a formulação de uma doutrina de emprego de MTC;
  • Implantação de um Centro de Planejamento e Coordenação e Apoio de Fogo.

2) Possibilitar ao Exército Brasileiro desenvolver e empregar o MTC e o Fgt G SS 40G.

3) Possibilitar ao Sistema de Mísseis de Foguetes do Exército Brasileiro o emprego de Simuladores.

blank4) Contribuir com as ações de reorganizar a Artilharia de Mísseis e Foguetes, dotando o Exército Brasileiro de novas capacidades de Apoio de Fogo, Planejamento e Coordenação de Fogos, bem como Busca de Alvos;

5) Implantar e construir o Forte Santa Bárbara, sediado em Formosa/GO, como base física (infraestrutura) para a Artilharia de Mísseis e Foguetes do Exército Brasileiro.

6) Aprimorar os procedimentos logísticos do Sistema ASTROS, por meio de uma metodologia adequada de Suporte Logístico Integrado (SLI), utilizando a estrutura do Centro de Logística de Mísseis e Foguetes (C Log MslFgt).

7) Contribuir para a Transformação do Exército, por meio do estabelecimento de novas capacidades na área de Doutrina, de Organização, do Adestramento, de Material, do Ensino, do Pessoal e da Infraestrutura (DOAMEPI).

8) Contribuir para o Fomento da Indústria Nacional de Defesa, em especial as empresas estratégicas de defesa, agregando novas tecnologias a serem desenvolvidas para atender ao PrgEE ASTROS 2020.

9) Contribuir para a implantação do Comando de Artilharia do Exército no Forte Santa Bárbara, de acordo com o Decreto nº 8.298, de 15 de agosto de 2014, conforme publicado no DOU de 18 de agosto de 2014 e de acordo com o previsto no PEEx 2016-2019.

2. ENTREGAS DO PROGRAMA

blanka. Viaturas modernizadas do Sistema ASTROS, na versão MK3-M;

b. Viaturas do Sistema ASTROS, versão MK6, para o 16º Grupo de Mísseis e Foguetes (16º GMF);

c. Foguete Guiado (SS-40G) de precisão superior aos foguetes balísticos atuais;

d. Míssil Tático de Cruzeiro de 300 Km de alcance;

e. Sistema de Aeronave Remotamente Pilotada (SARP) associado ao Sistema ASTROS e incorporado à Bateria de Busca de Alvos para proporcionar o seguro e eficaz emprego de munições de longo alcance, por meio de eficiente busca de alvos, de comando e controle oportunos e eficaz controle de danos;

f. Forte Santa Bárbara (FSB) composto pelas seguintes Organizações Militares (OM): o Comando de Artilharia do Exército, o atual 6º GMF, o 16º GMF, o Centro de Instrução de Artilharia de Mísseis e Foguetes (C InstMslFgt), o Centro Logístico de Mísseis e Foguetes (C Log MslFgt), o Centro de Planejamento e Coordenação e Apoio de Fogo, a Bateria de Busca de Alvos e a Base Administrativa do FSB e Campo de Instrução de Formosa, incluindo os paióis. Além disso, uma infraestrutura composta de instalações de segurança, esportivas e de Próprios Nacionais Residenciais complementará o FSB.

g. Instrumentação técnica do Campo de Instrução de Formosa para realizar a qualificação e determinação de desempenho de mísseis e foguetes, compatível com toda a família de foguetes, o Fgt SS 40 G, o MTC e o SARP.

blankh. Paiol específico de mísseis e foguetes no Depósito Central de Munições, em Paracambi/RJ.

i. Sistema Integrado de Simulação ASTROS (SIS-ASTROS), composto pelo Simulador Virtual Tático de Reconhecimento, Escolha e Ocupação de Posição (REOP), Simuladores Virtuais Técnicos do Sistema ASTROS e Treinamento Baseado em Computadores (TBC) das Viaturas do Sistema ASTROS, na versão MK6, proporcionando adequada e oportuna inserção da Artilharia de Mísseis e Foguetes na estrutura da Força Terrestre.

3. PROJETOS

1. Projeto Míssil Tático de Cruzeiro – MTC 300

  • Desenvolvimento do MTC 300 para o Sistema ASTROS, atendendo aos conceitos de letalidade seletiva e proteção, entregando PRODE de elevado valor tecnológico. Inclui o desenvolvimento de Viatura Unidade de Apoio ao Solo (UAS).

2. Projeto Foguete Guiado SS – 40 G

  • Desenvolvimento do Foguete Guiado para o Sistema ASTROS, atendendo aos conceitos de letalidade seletiva e proteção, entregando PRODE de elevado valor tecnológico.

3. Projeto Viaturas do Sistema ASTROS

  • Caracteriza-se pela aquisição de viaturas ASTROS para a composição do 16º Grupo de Mísseis e Foguetes a ser localizado no Forte Santa Bárbara (FSB) e completar a dotação atual do 16º Grupo de Mísseis e Foguetes. Viaturas modelo TATRA MK – 6 características do Sistema ASTROS 2020 a serem adquiridas em lotes distintos ao longo do Programa ASTROS 2020.

blank4. Projeto Forte Santa Bárbara

  • Planejamento, concepção, elaboração de projetos arquitetônicos e de engenharia e coordenação dos trabalhos de implantação das OM que irão compor o FSB.

5. Projeto Simulação Integrada do Sistema ASTROS

  • Consiste na concepção e desenvolvimento de um sistema integrado de simulação para a formação, capacitação e adestramento da Artilharia de Mísseis e Foguetes envolvendo os níveis tático, operacional e estratégico.

6. Projeto Bateria de Busca de Alvos

  • Caracteriza-se por associação com a Doutrina e o estabelecimento físico da OM, estabelecer o Quadro de Organização (QO) da Bia BA.

7. Projeto Instrumentação Técnica para Campo de Instrução

  • Sistema de Instrumentação Técnica para Campo de Instrução, concebido e elaborado para módulos que possibilite o seu deslocamento para os vários locais onde poderão ser realizadas campanhas de testes de desenvolvimento e avaliação de PRODE.

blank8. Projeto Centro de Planejamento e Coordenação de Apoio de Fogo da F Ter.

  • Caracteriza-se por associação com a Doutrina e o estabelecimento físico da OM, estabelecer o Quadro de Organização (QO) do CCApFTer.

4. PRINCIPAIS ENTREGAS – PROGRAMA ASTROS 2020

2012/2013

– Contrato do Exército com a AVIBRÁS, em 2012, com previsão de entrega em outubro de 2013;
– 01 viatura ASTROS 2020 comando e controle (AV-PCC);
– 01 viatura ASTROS 2020 LANÇADORA MÚLTIPLA UNIVERSAL (AV-LMU);
– 01 viatura ASTROS 2020 POSTO METEOROLÓGICO ( AV-MET);
– 01 viatura ASTROS 2020 REMUNICIADORA (AV-RMD) Contrato do Exército com a AVIBRÁS, em 2012, com previsão de entrega em dezembro de 2013;
– 05 (Cinco) viaturas ASTROS 2020 Lançadoras Múltiplas Universais ( AV-LMV).

2014/2015

– Contrato de 36 meses para o desenvolvimento de Foguete Guiado (SSFOG) com a empresa AVIBRÁS, de São José dos Campos, SP.

2016/2017

– Contrato de 36 meses para o desenvolvimento do Míssil Tático de Cruzeiro ( MTC) com a empresa AVIBRÁS, São José dos Campos, SP.

blankProjeto de Modernização das Viaturas ASTROS para o modelo MK3-M:

– 12 (doze) viaturas Lançadoras Múltipla Universal (LMU) do 3° lote.

  Projeto de Aquisição de Viaturas ASTROS modelo MK6:

– 2 (duas) viaturas Unidade Controladora de Fogo (UCF) do 2º lote.

2018…

– Instalações do Centro de Instrução de Artilharia de Mísseis e Foguetes (C I Art Msl Fgt);

– Centro de Logística de Mísseis e Foguetes (C Log Msl Fgt).

Fonte: Escritório de Projetos do Exército (EPEx)



Receba nossas notícias em tempo real nos seguindo pelos aplicativos de mensagem abaixo:

blank

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

Assista nosso último episódio:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here