Ataques da aviação militar da Rússia destroem diversos alvos terroristas da Al-Qaeda na Síria

Imagem ilustrativa. Arte via redação OD com foto Russian MoD.

Google News

Aviação militar russa ataca colinas com bases terroristas no norte de Lattakia

Nessa manhã de 26 de fevereiro, aviões das Forças Aeroespaciais Russas realizaram uma série de ataques aéreos na parte controlada por militantes do interior do norte de Lattakia.

De acordo com o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (SOHR), com sede em Londres, os ataques aéreos visaram várias colinas ao redor da cidade de Kabani.

Kabani é um reduto de vários grupos terroristas, incluindo Hay’at Tahrir al-Sham, afiliado à Al-Qaeda, o Partido Islâmico do Turquestão e Ajnad al-Kavkaz. Nos últimos três anos, os terroristas lançaram dezenas de ataques com drones e foguetes na costa síria a partir da cidade e seus arredores.

“Ainda não há informações sobre vítimas”, disse o SOHR em seu relatório.

Esta foi a terceira onda de ataques aéreos russos a atingir Kabani e a sétima na região noroeste da Grande Idlib desde o estado do ano.

No início desta semana, aviões de guerra russos realizaram uma série de ataques aéreos contra postos de terroristas islâmicos nos arredores da cidade de al-Bara, no interior do sul de Idlib.

Nos últimos dias, o Centro de Reconciliação da Rússia na Síria registrou dezenas de violações do cessar-fogo por militantes na Grande Idlib. Os militantes chegaram a atacar uma passagem humanitária onde militares russos estavam presentes.

Os recentes ataques aéreos russos na Grande Idlib infligiram sérias perdas aos militantes. Mesmo assim, os militantes continuam a fazer mais provocações.

Fotos via Syrian Observatory for Human Rights (SOHR).

Em 24 de fevereiro, uma série de ataques russos e sírios atingiu vários alvos na região noroeste da Grande Idlib

Araques russos anteriores destruiram posições e estruturas de comunicação dos terroristas islâmicos em Idlib.  Aviões de guerra das Forças Aeroespaciais Russas visaram  vários postos de militantes nos arredores da cidade de al-Bara, no interior do sul de Idlib.

Esta foi a quarta onda de ataques aéreos russos a atingir a região controlada por militantes neste ano. Nenhuma baixa foi relatada por fontes dos terroristas islâmicos.

Mais ou menos na mesma época, a artilharia do Exército Árabe Sírio (Exército de Bashar El Assad) mirou em várias posições na cidade de Bzabor, também localizada na zona rural do sul de Idlib. Uma das posições visadas foi uma torre de comunicação que fornecia internet para militantes da região.

Fontes da oposição disseram que Sahir al-Jazar, um engenheiro de comunicação que trabalhava na torre, foi morto como resultado dos ataques sírios.

Os ataques da Rússia e da Síria foram provavelmente uma resposta às recentes violações do cessar-fogo na Grande Idlib, que foi negociado no ano passado. Os militantes da região, liderados por Hay’at Tahrir al-Sham da Al-Qaeda, violaram o cessar-fogo 35 vezes nos últimos dias, de acordo com o Centro de Reconciliação Russo na Síria.

Esses ataques não deterão os militantes, que continuam a intensificar suas operações contra as forças do governo em torno da Grande Idlib. Medidas mais enganosas devem ser tomadas para mudar a situação na região.

  • Com informações; Syrian Civil Defense, Centro de Reconciliação Russo na Síria, Observatório Sírio para os Direitos Humanos (SOHR) e STF Analysis & Intelligence via redação Orbis Defense Europe.


Receba nossas notícias em tempo real nos seguindo pelos aplicativos de mensagem abaixo:

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

Assista nosso último episódio:

Comments are closed.