Ataques do ISIS causam baixas e perdas ao Exército Nígeriano e população civil

blank
Imagem de captura de tela de vídeos divulgados em redes sociais mostrando cenas dos ataques do ISIS contra postos do Exército Nigeriano, via redação Orbis Defense Europe.

Terroristas do ISIS infligiram grandes perdas de equipamentos às forças do governo nigeriano em dois ataques recentes no estado de Borno, no nordeste do país.

No primeiro ataque que ocorreu em 13 de julho, os terroristas alvejarem vários postos do Exército e Polícia em locais perto da cidade de Lambwa onde conseguiram incendiar diversas bases avançadas e outras entidades de serviço público.

Quatro militares e um civil, supostamente um espião do governo, foram mortos pelos terroristas. Durante o ataque, os membros do ISIS também capturaram algumas caminhonetes e incendiaram várias casas da população.

O segundo ataque maior ocorreu em 15 de julho. Terroristas do ISIS invadiram uma base das Forças Armadas da Nigéria na cidade de Kawri. De acordo com a versão do governo pelo menos um militar foi morto, mas versões extra-oficiais relatam pelo menos uma dezena de mortos entre militares e civis que estavam no local, incluíndo a destruição de instalações do governo.

Durante o ataque, os terroristas destruíram um carro blindado Mowag Piranha I de fabricação suíça, um carro blindado Panhard AML de fabricação francesa e algumas picapes. Os terroristas também capturaram quatro caminhonetes, bem como uma boa quantidades de armas, munições e suprimentos.

As células do ISIS intensificaram seus ataques às forças do governo nigeriano e população civil nas últimas semanas. Os terroristas realizaram ataques em Borno, Yobe e Adamawa.

O ataque indiscriminado contra civis faz parte de uma campanha punitiva e psicológica do terrorismo islâmico para forçar a população a colaborar com os jihadistas e até mesmo se voltar contra o governo nigeriano.

O grupo terrorista estabeleceu uma forte presença na Nigéria no ano passado. Apesar dos esforços do governo, a ameaça representada pelo grupo continua a crescer.

Abaixo, algumas imagens divulgadas por redes sociais e mídias da Nigéria, que mostram algumas cenas de combates, casas incendiadas, veículos capturados pelos terroristas e carros blindados destruídos. Muitas outras imagens mais fortes estão disponíveis nas redes sociais. Não publicaremos imagens mais fortes disponíveis devido ao risco de sansões dos serviços de internet e outros.

blank blank blank blank blank blank blank blank blank blank blank

  • Com informações France Inter, Africa News, STF Amalysis & Intelligence via redação Orbis Defense Europe.