Balanço da PRF aponta que homens se envolvem mais em acidentes graves do que mulheres

A PRF fez o levantamento estatístico sobre os acidentes graves (aqueles que resultaram em morte ou lesão grave dos envolvidos) referente ao ano de 2018. Os dados apontam que, dos 588 acidentes registrados nas rodovias federais que cortam o Tocantins, 194 foram considerados graves e vitimaram 193 homens e 76 mulheres. O número de homens envolvidos em acidente graves é 254% maior do que o número de mulher.

Foram contabilizadas 85 mortes nas rodovias federais que cortam o estado do Tocantins, destas, 71 foram do sexo masculino, 13 do sexo feminino.

De forma detalhada, observa-se que, 56 condutores do sexo masculino morreram enquanto dirigiam o veículo, nove eram pedestres e seis eram passageiros. Em relação as mulheres, o número é menor, duas morreram enquanto estavam na condução do veículo, 10 estavam como passageiras e uma era pedestre.

Cumpre lembrar que a PRF realiza diariamente a fiscalização e o policiamento ostensivo nas rodovias federais com o intuito evitar que acidentes ocorram e, quando necessário, punir os que cometem infrações e colocam a vida dos demais usuários em risco. Ademais, a instituição busca através do desenvolvimento de ações de educação para o trânsito, orientar e conscientizar os condutores que trafegam pelas rodovias federais.

Fonte: Agência PRF


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below