Boeing apresenta o primeiro drone de reabastecimento aéreo

Os drones serão utilizados para reabastecer aviões embarcados em porta-aviões. Estima-se que a aeronave carregará aproximadamente oito toneladas de combustível para reabastecer de quatro a seis caças

Google News

O veículo aéreo não tripulado (VANT) MQ-25 Stingray, desenvolvido pela Boeing, é o primeiro drone do mundo a realizar um reabastecimento aéreo, segundo a empresa. Desta forma a Marinha dos EUA pode, ampliar o alcance das ações de seus caças embarcados em porta-aviões.

Em um comunicado a Boeing explica a performance do drone : “Foi informado que, durante um voo de teste realizado no dia 4 de junho, um ‘MQ-25 T1’ estendeu com êxito a mangueira e o funil a partir de seu tanque de reabastecimento aéreo, e transferiu de maneira segura o combustível para um F/A-18 Super Hornet da Marinha dos EUA”.

A Boeing qualificou o teste como um evento histórico, enfatizando que a empresa, já firmou contrato com o Pentágono para a produção e fornecimento dos primeiros quatro drones de reabastecimento, que serão operados pela Marinha. A entrega ocorrerá até 2024.

Concebido como um bombardeiro sigiloso não tripulado, o drone foi convertido para realizar reabastecimento em voo, desprovido de suas capacidades furtivas, já que em 2016, a Marinha formulou novos requisitos para os drones embarcados, prevendo ampliar o alcance dos caças embarcados.



Receba nossas notícias em tempo real nos seguindo pelos aplicativos de mensagem abaixo:

Assine nossa Newsletter


Receba em seu e-mail as últimas notícias do DefesaTV, é de graça!

Assista nosso último episódio: