Bolsonaro durante coletiva diz que dará aval ao acordo entre a Embraer e a Boeing

Durante coletiva dada a jornalistas nesta última quinta-feira dia 1.º, o presidente eleito Jair Bolsonaro se comprometeu em apoiar o acordo entre a norte-americana Boeing e a brasileira Embraer. O acordo entre as empresas de aviação, fora fechado no início de julho, e o governo do presidente Michel Temer esperava a definição da eleição presidencial para aprovar a parceria. “A fusão da Embraer com a Boeing continua sem problema algum e sim, vou avalizar”, disse Bolsonaro, em sua primeira entrevista como presidente eleito. governo tem uma “golden share” na Embraer, que lhe dá poderes para aprovar e vetar temas estratégicos para a empresa. Após a eleição, o futuro Ministro da Defesa, general da reserva Augusto Heleno, já havia afirmado que via com bons olhos o acordo, mas que pretendia conhecer os termos do contrato que está para ser selado. 





Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here