Bombardeiro B-2 Spirit fica danificado após pouso de emergência em base no Missouri

blank

Um bombardeiro B-2 Spirit da Força Aérea dos EUA (USAF) ficou danificado depois de realizar uma aterrisagem de emergência, na base da aérea de Whiteman, no Missouri, de acordo com nota oficial da Força Aérea norte-americana. A aeronave estava em uma missão de rotina.

Após o incidente, a Federal Aviation Administration (FAA) restringiu temporariamente os voos ao redor da base aérea “para fornecer um ambiente seguro para a investigação”, informou a agência à imprensa.

Segundo a nota emitida pela USAF, “Não houve feridos e nem incêndio associado à aterrisagem de emergência”. “O incidente está sob investigação e mais informações serão fornecidas assim que estiverem disponíveis”, completou a nota.

Os B-2, que custavam por unidade mais de US$ 1 bilião quando entraram em serviço no final da década de 90, podem carregar armas convencionais ou nucleares. O fabricante da aeronave, Northrop Grumman, classifica-o como “um componente-chave do arsenal de ataque de longo alcance dos EUA e uma das aeronaves com maior capacidade de sobrevivência no mundo”.