Bombardeiros B-1B efetuam a primeira missão da USAF Bomber Task Force na Noruega

blank
Os B-1Bs do 7º Bomb Wing da Base Aérea de Dyess, Texas. Foto por Senior Airman Ryan Grossklag/USAF.

Dois bombardeiros B-1B da USAF conduziram uma missão da Força-Tarefa de Bombardeiros sobre a Noruega na sexta-feira, a primeira missão deste ano e a primeira vez que Lanceiros voaram para fora do espaço aéreo do país no norte da Europa.

O exercício destaca a importância crescente do espaço aéreo do Ártico na estratégia de defesa nacional da Noruega e no âmbito da OTAN.

Os B-1Bs do 7º Bomb Wing da Base Aérea de Dyess, Texas, compreendendo o 9º Esquadrão Expedicionário de Bombardeiros, completaram exercícios de integração tática com F-35s noruegueses e forças navais em 26 de fevereiro, de acordo com a USAF mas somente confirmado hoje. A missão aconteceu na região do Mar da Noruega.

A missão acontece poucas semanas depois que o Comando Europeu dos Estados Unidos anunciou, em 2 de fevereiro, que estava deslocando temporariamente 200 pessoas e um esquadrão expedicionário B-1B Lancer de Dyess à base aérea de Orland, na Noruega, para tais operações.

“É apropriado darmos início a este BTF com uma missão que destaca nossa capacidade de integração com nossos aliados noruegueses em vários domínios”, disse o general Jeff Harrigian, comandante das Forças Aéreas dos EUA na Europa-Força Aérea na África, em um noticiário da Força Aérea lançamento. “Este tipo de interoperabilidade é especialmente crítico no Ártico, onde nenhuma nação tem infraestrutura ou capacidade para operar sozinha.”

A Força Aérea tem dito rotineiramente que essas missões da Força-Tarefa de Bombardeiros visam destacar o compromisso dos Estados Unidos com a OTAN e enviar uma mensagem de dissuasão clara a qualquer adversário.

Abaixo, alguns vídeos de mídias parceiras da Europa com imagens das operações cedidas pela USAF:

Fonte: USAF/OTAN, via redação Orbis Defense Europe.