Caça Su-22 da Força Aérea Síria escapa de ser abatido por um Manpad de forças rebeldes

blank

O jornal russo Rossiyskaya Gazeta, publicou matéria onde ele narra que um caça Su-22, pertencente a Força Aérea Síria, foi atacado a partir de um sistema antiaéreo portátil (Manpad).

O ataque ocorreu na província de Idlib. O caça conseguiu escapar e retornar a sua base aérea apesar de ter sofrido um impacto direto do míssil antiaéreo. Fotos dos fragmentos de um estabilizador horizontal da cauda do Su-22 com inscrições características foram publicadas no Twitter.

Aeronaves Su-22 de várias versões são os principais vetores de ataque da Força Aérea Síria. No começo do conflito armado, a Síria possuía cerca de 50 aeronaves deste tipo. Atualmente apenas 20 continuam em operação.

Estes caças-bombardeiros com asas de geometria variável podem transportar vários tipos de armamento com um peso total de até 3.800 kg, além de dois canhões de 30 mm. O avião pode atingir uma velocidade de até 2.230 km/h a grandes altitudes. O raio de ação é de cerca de 600 Km.

  • Com agências internacionais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here