Capela de Santo Expedito e Santa Bárbara faz parte da história do CEP/FDC

A Capela de Santo Expedito e Santa Bárbara no Centro de Estudos de Pessoal e Forte Duque de Caxias (CEP/FDC) foi inaugurada em 2004, no comando do Coronel Roberto ITAMAR Cardoso Plum.

Onde, originalmente, fora uma casa de força do antigo Forte do Vigia havia um oratório dedicado a Santa Bárbara, padroeira da Arma de Artilharia, lembrando as origens do aquartelamento da extinta 2ª Bateria de Obuses de Costa. Uma pequena porta lateral dava acesso ao interior do oratório, que possuía um pequeno altar e dois bancos de madeira. Havia também um armário com algum material litúrgico.

“Quando convoquei o Pe. Lindemberg para retirarmos o material religioso do local para depois limpar e reformar o oratório, encontramos também uma bonita imagem de Santo Expedito. Decidi, ali com o Padre, que faríamos uma obra de adaptação e reintroduziríamos as imagens em uma nova Capela do CEP, dando a ela os nomes dos padroeiros dos militares e da Arma de Artilharia”, relembrou o Cel Itamar, comandante do CEP/FDC nos anos de 2003 a 2005.

Desde sua criação, a capela, que recebeu novas porta de entrada frontal e escadarias voltadas para o jardim, recebe fiéis que fazem suas orações e frequentam a agora tornada tradicional missa de Santo Expedido, realizada todo dia 19 de cada mês. Devido às atuais medidas preventivas, para evitar o avanço da COVID-19, a prática da celebração está suspensa por tempo indeterminado.



Receba nossas notícias em tempo real pelos aplicativos de mensagem abaixo:

Ninguém do DefesaTV está autorizado a entrar em contato com os leitores. Caso deseje de alguma informação envie um e-mail [email protected]

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!