Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil: 15 anos trabalhando em busca da pacificação de nações

Em 2004, em virtude do contexto internacional, o Conselho de Segurança da ONU adotou a Resolução nº 1542, criando a Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (MINUSTAH).

Em face do compromisso brasileiro, em 23 de fevereiro de 2005, pela portaria nº 90 do comandante do Exército, foi criado o Centro de Instrução de Operações de Paz (CIOPaz).

Suas atividades foram iniciadas com a incumbência de conduzir o preparo da então Brigada Haiti, 3º Contingente, integrada pelo Grupamento de Unidades Escola – 9ª Brigada de Infantaria Motorizada (GUEs – 9ª Bda Inf Mtz).

O CIOPaz se instalou provisoriamente no aquartelamento do 57° Batalhão de Infantaria Motorizado – Escola (57º BI Mtz – Es) / Regimento Escola de Infantaria (REI), a unidade base do Batalhão Haiti.

Em 08 de dezembro de 2008, pela portaria nº 949 do comandante do Exército, o CIOpPaz recebeu a denominação histórica Centro Sergio Vieira de Mello em homenagem ao ilustre brasileiro representante da ONU.

Nesse mesmo ano, o Centro assumiu, definitivamente, a preparação de todos os militares do Exército Brasileiro (EB) designados para missões individuais —observadores militares e oficiais de Estado-Maior, com a execução do Estágio de Preparação para Missões de Paz (EPMP), conduzido sob a responsabilidade do Comando de Operações Terrestres (COTER), até 2007, em Brasília.

Em 15 de junho de 2010, pela portaria nº 952 do Ministério da Defesa, o CIOpPaz foi designado para a preparação de militares e civis brasileiros e de nações amigas a serem enviados em missões de paz e desminagem humanitária.

Assim sua denominação foi alterada de Centro de Instrução de Operações de Paz para Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB), integrando, assim, instrutores das três Forças Armadas e de Forças Auxiliares.

Ao longo dos quinze anos, cinco como CIOpPaz e dez como CCOPAB, o Centro vem se destacando pela excelência profissional de seus instrutores na capacitação e no treinamento de militares e tropas.

  • Com informações do CCOPAB


Receba nossas notícias em tempo real nos seguindo pelos aplicativos de mensagem abaixo:

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

Assista nosso último episódio: