Centro de Avaliações do Exército realiza treinamento em operação de Sistema de Rastreio de Engenhos em Voos

O sistema tem como objetivo apoiar atividades de pesquisa e desenvolvimento (P&D) e de avaliação de engenhos de voo, como a do míssil tático de cruzeiro MTC-300 e a do foguete guiado SS-40G

Google News

O Centro de Avaliações do Exército (CAEx) realizou, entre 29 de março e 1º de abril, em São Bernardo do Campo (SP), nas instalações da empresa Omnisys Engenharia, o treinamento em fábrica para operação do Sistema Transportável para Rastreio de Engenhos em Voo (STREV).

Em implantação no CAEx, o sistema tem como objetivo apoiar atividades de pesquisa e desenvolvimento (P&D) e de avaliação de engenhos de voo, como a do míssil tático de cruzeiro MTC-300 e a do foguete guiado SS-40G, projetos do Programa Estratégico do Exército Astros 2020.

Participaram do treinamento 13 militares e três servidores civis do CAEx, além de um militar do 1º Batalhão de Polícia do Exército, que receberam instruções sobre o funcionamento e a operação do sistema.

Além de permitir obter dados essenciais para apoiar não apenas a P&D de diversos engenhos em voo, o sistema permitirá atestar a conformidade de sistemas e materiais de emprego militar submetidos à avaliação no Exército Brasileiro.

Dentre os dados que o STREV poderá obter destacam-se: posição, velocidade e aceleração, bem como imagens e gravação de vídeos em alta resolução de engenhos em voo.

O rastreio de engenhos em voo é uma capacidade tecnológica estratégica dominada por poucos países.

Devido à sua característica singular de ser transportável por meio de caminhões, o STREV poderá ser operado em diferentes locais acessíveis por rodovias, em todo o território nacional, o que viabiliza a realização dos ensaios em área geográfica mais adequada para a missão de rastreio e para o lançamento do engenho, um diferencial do sistema nacional que alçará o Brasil a um patamar de destaque.

Ainda no corrente ano, está prevista a última etapa do treinamento em operação do STREV (treinamento em campo), a ser realizada no CAEx, em que os operadores serão capacitados para desdobrar o STREV no terreno, bem como rastrear munições de obuseiro e de foguetes SS-30 do Sistema Astros.

As atividades de treinamento foram conduzidas em conformidade com as diretrizes do Exército, que visam ao enfrentamento da covid-19. Assim, buscou-se cumprir as atividades planejadas com segurança, para preservar a saúde dos militares, dos civis e de seus familiares.

Fonte: CAEx


Receba nossas notícias em tempo real nos seguindo pelos aplicativos de mensagem abaixo:

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

Assista nosso último episódio: