Chefe das forças armadas britânicas diz que risco de 3.ª guerra é real

Oficial indicou que existe preocupação em relação aos conflitos regionais que decorrem neste momento em vários pontos do globo

© AFP 2020 / MAURICE MCDONALD

Google News

O chefe das forças armadas britânicas, general Nick Carter, afirmou que existe “um risco” de uma nova guerra mundial se os atuais pequenos conflitos mundiais subirem de tom, agregando mais países e mais armas.

Ele explicou, em entrevista à Sky News, que a crise econômica global causada pelo novo coronavírus poderá espoletar novas ameaças de segurança, inclusive uma nova guerra.

Quando questionado sobre os perigos da crise global trazida pela pandemia, o general afirmou que existe preocupação em relação aos conflitos regionais que existem neste momento em vários pontos do globo, uma vez que podem escalar “até uma guerra aberta”, algo que já aconteceu no período que antecedeu as duas últimas guerras mundiais.

© Peter Byrne – WPA Pool/Getty Images

Por causa da pandemia, o mundo está “um lugar muito incerto e cheio de ansiedade”, disse o oficial, indicando que existe a possibilidade de escalada de tensão e, com isso, de “erros de cálculo”.

“Temos que nos lembrar de que a história poderá não se repetir, mas tem um ritmo, e se olharmos para o último século, antes das duas guerras mundiais, acho que é inegável que houve escalada, o que levou a erros de cálculo e que, em última instância, levou a uma guerra a uma escala que esperamos não viver de novo”, enfatizou.

Questionado sobre se estava a afirmar que existe uma “ameaça real” de uma terceira guerra mundial, o general disse: “Estou a dizer que é um risco e que precisamos de ter consciência desses riscos”.

  • Com informações do site Noticias ao Minuto (Pt)


Receba nossas notícias em tempo real nos seguindo pelos aplicativos de mensagem abaixo:

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

Assista nosso último episódio:

Comments are closed.