Chengdu J-7: A versão chinesa mais produzida do MIG-21

No decorrer de 50 anos, a China se mostrou um grande utilizador de caças soviéticos, mas um caça em especial, o MiG-21, batizado de Chengdu J-7 pelo Exército Popular de Libertação (PLA) teve inúmeras versões e atualizações. Com isso os chineses conseguiram manter aproximadamente 400 unidades destes caças sempre operacionais.

As atualizações do projeto J-7 oferecem capacidades altamente avançadas, incluindo materiais compósitos, com o objetivo de desenvolver uma estrutura mais resistente e leve para as aeronaves, glass cockpit, nova asa dupla em delta, telas multifuncionais, visores nos capacetes e outras tecnologias de última geração.

Assim a empresa chinesa Chengdu, continuou a desenvolver versões mais atualizadas do MiG-21 sob a designação J-7 até o final de 2013. Apesar do encerramento da produção do J-7, a empresa Chengdu desenvolveu outras versões do caça soviético.

Isso porque a China produziu caças JF-17 Block 1, relativamente baseados no projeto J-7, contudo, com uma fuselagem totalmente diferente, tornando-se irreconhecível em comparação ao J-7.

Segundo o site Military Watch, outra aeronave “copiada” é o JL-9, uma aeronave de ataque e treinamento que manteve as capacidades de combate de quarta geração. Apesar de possuir algumas semelhanças com o JF-17, a aeronave possui um custo consideravelmente reduzido.

Apesar de manter algumas semelhanças, o JL-9 possui um papel diferente em relação ao MiG-21 e J-7G, que são focados no combate ar-ar, mas a aeronave herdou a estrutura dessas aeronaves fiáveis e versáteis, sendo ela melhorada durante todo esse período.

Sendo assim, a China possui uma das indústrias aeronáuticas mais capazes e sofisticadas (lembrando que eles foram os primeiro a desenvolverem um caça de quinta geração na sequencia dos EUA) que manteve a produção de versões avançadas do MiG-21, demonstrando uma combinação de versatilidade, fiabilidade, fácil manutenção e baixo custo dessa plataforma.

  • Com agências internacionais


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below