China alerta possível detenção de cidadãos americanos

Google News

Autoridades do governo chinês alertaram suas contrapartes americanas que podem deter cidadãos dos Estados Unidos na China em retaliação à decisão do Departamento de Justiça dos EUA de processar acadêmicos chineses filiados às forças armadas, segundo fontes ouvidas pela Dow Jones.

Os chineses emitiram alertas para o governo dos EUA repetidamente e por meio de diversos canais, disseram as fontes, incluindo por meio da Embaixada americana em Pequim. A mensagem chinesa, segundo as fontes, foi dura: os EUA devem abandonar os processos de acadêmicos chineses em cortes americanas, ou americanos na China podem encontrar-se em violação da lei chinesa.

A China emitiu os alertas depois que os EUA começaram a prender uma série de cientistas chineses, que estavam visitando universidades americanas para pesquisa, e os acusou de esconder seu status de serviço ativo no Exército de Libertação Popular das autoridades da imigração americana, segundo as fontes.

As prisões foram tema de uma matéria no Wall Street Journal, que também reportou as alegações dos EUA de que os diplomatas chineses estariam coordenando atividades com os pesquisadores. Este seria um fator para que a China fechasse o consulado de Houston em julho e removesse o restante dos cientistas militares dos EUA.

Fonte: Exame



Receba nossas notícias em tempo real nos seguindo pelos aplicativos de mensagem abaixo:

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

Assista nosso último episódio: