China e Índia afastam tropas e criam zona neutra no Himalaia

China e Índia afastaram seus soldados do local de um conflito mortal em junho ao longo da fronteira disputada no Himalaia, dizem relatórios. A notícia chega um dia depois que altos funcionários concordaram em acelerar o desengajamento mútuo.

Por Matheus Bastos

Os soldados chineses afastaram suas tendas e outras estruturas do local da sangrenta confusão no vale do rio Galwan, ocorrida no mês passado, informou a agência internacional Russia Today (RT) com informações da mídia indiana, citando fontes oficiais do país. Informações mostram que as tropas indianas também recuaram e uma zona de proteção foi montada entre os soldados de ambos os lados.

Fontes militares indianas disseram à AFP que o desmembramento das tropas chinesas começou de acordo com o acordo alcançado durante as negociações entre oficiais do Exército de ambos os países.

O ministro do Exterior da China, Wang Yi, discutiu a situação ao longo da fronteira com o assessor de segurança nacional da Índia, Ajit Doval, por telefone no domingo. Eles concordaram em garantir o desengajamento mútuo das tropas ao longo da fronteira de fato o mais rápido possível.

Os vizinhos têm uma longa disputa de fronteira no Himalaia, e as tensões ocasionalmente levam a impasses e conflitos na área, onde os dois países mantêm uma rede de postos avançados.

A situação agravada começou a aumentar em maio e culminou em um tumulto dramático em 15 de junho, durante o qual 20 soldados indianos foram mortos. Pequim reconheceu que houve baixas de ambos os lados, mas não conseguiu divulgar nenhum número.

Fonte: Gambiarra Cultural



Receba nossas notícias em tempo real pelos aplicativos de mensagem abaixo:

 

Caso deseje conversar com outros usuários escolha um dos aplicativos abaixo:



Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail

Comments are closed.