China pronta para se juntar a Índia para parceria mais estreita de desenvolvimento

(Xinhua/Yin Bogu)

O presidente chinês Xi Jinping disse quinta-feira em Bishkek que Beijing está pronta para juntar-se a Nova Déli para impulsionar uma parceria de desenvolvimento mais estreita entre os dois lados.

Xi fez as observações durante sua reunião com o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, antes da 19ª cúpula da Organização de Cooperação de Shanghai, na capital quirguiz de Bishkek.

Durante a reunião, Xi parabenizou Modi novamente por sua reeleição como primeiro-ministro da Índia.

Xi observou que a China e a Índia são as únicas duas economias emergentes do mundo com uma população superior a 1 bilhão de habitantes, e ambas estão em uma fase crucial de rápido desenvolvimento.

A cooperação entre os dois países, disse o líder chinês, não somente pode impulsionar seus respectivos desenvolvimentos, mas também contribuirá para a paz, estabilidade e prosperidade na Ásia e no restante do mundo.

Ele recordou que durante sua reunião com Modi no ano passado em Wuhan, na Província de Hubei, no centro da China, eles conduziram a relação China-Índia para uma nova fase, acrescentando que a China está disposta a juntar-se com a Índia para envidar esforços constantes, visando promover uma parceria de desenvolvimento mais estreita entre os dois lados.

Xi pediu aos dois lados que adotem o julgamento fundamental de que a China e a Índia oferecem, uma para a outra, chances de desenvolvimento, e não representam ameaças entre si, e pediu que os dois países aprofundem continuamente a confiança mútua, se concentrando na cooperação, e abordem adequadamente suas disputas com a finalidade de transformar o relacionamento bilateral em um elemento positivo para seus respectivos desenvolvimentos.

O presidente chinês disse que as duas nações precisam ampliar constantemente os canais de cooperação, conduzir a cooperação em áreas como investimento, capacidade industrial e turismo, fazer uma profusão de interesses comuns e promover conjuntamente a inter-conectividade regional, incluindo a construção do Corredor Econômico Bangladesh-China-Índia-Mianmar, em um esforço para melhor impulsionar o desenvolvimento comum.

Ele também pediu aos dois lados que façam bom uso dos mecanismos como as reuniões entre os representantes especiais dos dois países para os assuntos fronteiriços, e que promovam medidas de construção de confiança para preservar a estabilidade nas áreas de fronteira.

Como importantes representantes das nações em desenvolvimento e das economias de mercado emergente, a China e a Índia, disse Xi, precisam se unir para defender o livre comércio e o multilateralismo e proteger os direitos legítimos dos países em desenvolvimento ao desenvolvimento.

Modi disse que sua reunião com Xi no ano passado em Wuhan foi muito bem-sucedida, e que ajudou a alcançar novos progressos nos laços bilaterais, acrescentando que o lado indiano está pronto para trabalhar com a China para intensificar os intercâmbios de alto nível e promover a comunicação estratégica.

Ele pediu aos dois lados que promovam os laços bilaterais em amplas áreas, explorem novos setores de cooperação e lidem adequadamente com suas diferenças.

Observando que o próximo ano marcará o 70º aniversário dos laços diplomáticos bilaterais, Modi disse que os dois países precisam elaborar uma boa programação comemorativa para aumentar os intercâmbios interpessoais.

Fonte: Xinhua

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below