Cias Aéreas brasileiras anunciam que transportarão gratuitamente vacinas de COVID-19

A iniciativa da Azul já contagiou a Gol e Voepass e promete ajudar a logística da distribuição de vacinas no Brasil.

Google News

No dia 10 de dezembro, a Azul Linhas Aéreas anunciou em suas redes sociais que transportará gratuitamente em suas aeronaves as vacinas de COVID-19 quando disponíveis para todas as 110 cidades onde opera no Brasil, disponibilizando sua malha de voos domésticos para contribuir no esforço logístico para distribuir as vacinas pelo território nacional.

A iniciativa da Azul contagiou as concorrentes, que em momentos assim tornam-se parceiras. Após o anúncio da Azul, a Gol Linhas Aéreas anunciou em suas redes sociais  que também vai disponibilizar gratuitamente a sua frota de aviões para a distribuição da vacina do Coronavírus para todo o Brasil.

A Voepass, companhia regional, anunciou que também disponibilizará seus aviões para transportar gratuitamente as doses de vacina contra a Covid-19 para a população das cidades nas quais operam, inclusive nas regiões como o interior da Amazônia, onde a aviação regional ajudará a dar a agilidade que o processo logístico precisa para a entrega, com um deslocamento seguro e eficaz da vacina.

A Azul opera a frota mais diferenciada do país, possuindo desde aeronaves monomotoras como o Cessna 208B Grand Caravan que operam pela Azul Conecta ligando pequenas cidades como Ubatuba, Paraty e Marília aos grandes centros, passando pelo turbo-hélice super capilar ATR 72-600, Embraer 175, 190 e 195 E1 e E2, Airbus A320neo, e chegando  aos “grandões” Airbus A330ceo e neo que operam nas rotas internacionais. Também é interessante mencionar os Boeings 737 cargueiros que operam sob a bandeira da Azul Cargo Express.  

Frota da Azul. Fonte: Leonardo Cassol – Melhores Destinos.

A Gol por sua vez opera uma frota baseada em várias versões do Boeing 737, desde a 700, ao 800 e a versão MAX que estava “groundeada” [1] por restrições impostas pela ANAC. Ao todo são 91 aeronaves dos modelos 737-800, 24 aeronaves 737-700 e, agora, 07 aeronaves Boeing 737 MAX. 

Já a Voepass Linhas Aéreas, empresa aérea com sede em Ribeirão Preto (SP), voa atualmente com uma frota composta por aeronaves de modelo ATR 72-500, que atendem neste momento 14 destinos: Araguaína, Barreiras, Brasília, Curitiba, Goiânia, Palmas, Petrolina, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Salvador, São José do Rio Preto, São Paulo, Uberlândia, e Vitória da Conquista.

ATR da Voepass no Aeroporto de Manaus. Foto de Pedro Henrique Leal (@ph_leal_spotter).

Também destaca-se aqui o brilhantismo que a aviação geral tem no cenário atual, com pilotos efetuando diversos voos humanitários transportando insumos entre cidades no país, fazendo chegar equipamentos mais rapidamente a pequenas localidades do interior do país. (Confira um voo humanitário aqui: Voo Humanitário – Cmdt. Led Santos / Reprodução YouTube).

Nesse momento de dificuldades para o setor, a Aviação cumpre seu papel social e patriótico de levar a cada canto do país não só insumos, equipamentos e vacinas, mas também esperança de que os céus trarão novos tempos.

 

[1] Groundeada: Aeronave parada no solo, guardada ou estocada por impossibilidade de voar dada restrição imposta pela autoridade aeronáutica.

 

Agradecimentos:

Fotos de capa por:

Saulo Zonfrilli | @saulozonfrilli (Azul e Gol)

Lucas Emiliano | @Spotting_SBGO (Voepass)

Pedro Henrique Leal | @ph_leal_spotter (Voepass em Manaus-AM)

 

 

Sobre o Autor
Mateus de Paula Vieira é Engenheiro Aeroespacial e Pesquisador, é Colunista no DefesaTV desde maio de 2020. Escreve principalmente sobre Tecnologia Aeroespacial, Aviação e projetos acadêmicos de foguetes e aeronaves.
Laboratório de Jato Propulsão / Bravo Aerospace Team – Univap.
Escola de Guerra Naval – Marinha do Brasil


Receba nossas notícias em tempo real nos seguindo pelos aplicativos de mensagem abaixo:

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

Assista nosso último episódio: