Comando da Aviação do Exército realizará cursos de capacitação a Policiais Militares e Civis, Bombeiros e Agentes Penitenciários do Rio de Janeiro

Um dos legados deixado pelo Gabinete de Intervenção Federal (GIF), ao Governo do Estado do Rio de Janeiro, será o envio de Policiais civis, militares, bombeiros e inspetores penitenciários este ano, para realizarem cursos de especialização na sede do Comando de Aviação do Exército, na cidade de Taubaté (SP) com o apoio do Estado-Maior do Exército e do Comando de Operações Terrestres. Para tal foram disponibilizadas 83 vagas, sendo: 37 para policiais do GAM da Polícia Militar (PMERJ), oito para policiais civis do SAER da Polícia Civil (PCERJ), 24 para o GOA do Corpo de Bombeiros (CBMERJ) e 14 para inspetores penitenciários do Núcleo de Estudos de Implantação do Grupamento Tático Aéreo da SEAP.

Os agentes irão ser treinados e capacitados em gerência de manutenção de aeronaves, inspetor de aviação e manutenção, mecânico de aeronaves e aviônicos, transporte aéreo, suprimento e serviço especial de aviação. O custo dos cursos, caso fossem feitos na iniciativa privada, somaria R$ 600 mil. De acordo com o Assessor Especial do GIF, Coronel Anselmo Rangel dos Anjos, o curso de gerência de manutenção de aeronaves vai durar 39 semanas e vai habilitar os agentes envolvidos a gerenciar toda a logística de aeronaves.

“Eles serão realizados no Centro de Instrução de Aviação do Exército, em Taubaté, e os agentes serão os multiplicadores do aprendizado a seus pares. Essa capacitação será um legado intangível da Intervenção Federal”, disse. Outra contribuição do GIF é o planejamento para uma reestruturação das unidades aéreas dos órgãos intervencionados. Foi elaborado um estudo para a construção de um heliparque, onde o qual virá à abrigar e realizar a manutenção das aeronaves de todos os órgãos.

*Com informações do Gabinete da Intervenção Federal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below