Comando do 6º Distrito Naval promove Simpósio Regional de Liderança, em Mato Grosso do Sul

blank
Comandante do 6º Distrito Naval e palestrantes do Simpósio

No dia 21 de agosto, a Marinha do Brasil (MB) por meio do Comando do 6º Distrito (Com6ºDN) promoveu, no Anfiteatro Salomão Baruki da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), o 4° Simpósio Regional de Liderança, com o tema principal “As principais competências para capacitação dos líderes modernos”.

O instrutor de liderança no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW), Capitão de Mar e Guerra (FN), Remylson Henrique de Souza Laport, abriu os trabalhos com a palestra: “O Líder como influenciador na melhoria do desempenho da equipe”, ao explicar que exercer corretamente a liderança perante o grupo de subordinados é fator fundamental para a obtenção de resultados.

A influência do líder pelo exemplo, por meio de seu comportamento ético, entusiasmo e inteligência, e influência pelo incentivo, foram duas características principais citadas pelo Comandante Laport como forma do líder obter sucesso. A revolução que a era digital trouxe e as constantes mudanças ocorridas ao longo dos períodos influenciam na forma com que o líder deve atuar.

Por isso, o foco no cliente (liderado) e a análise da conjuntura social, econômica e política que a sociedade atual vive é uma das habilidades que o líder deve aprender; segundo a docente nas disciplinas Empreendedorismo, Gestão de Inovação e Gestão de Projetos no curso de Administração da UFMS, Professora Doutora Roosiley dos Santos Souza, durante à apresentação da palestra: “As principais competências para capacitação dos líderes modernos”.

Citando o desenvolvimento das gerações na sociedade (X, Y e Z), o Comandante do Grupamento de Fuzileiros Navais de Ladário (GptFNLa), Capitão de Fraga (FN), Anderson Veras Marques, outro entusiasta da temática Liderança, ministrou em sua palestra sobre o tema: “O líder moderno e os desafios dos conflitos de gerações” apresentando aos participantes, como indivíduos de diferentes gerações atuam profissionalmente.

“O grande desafio é liderar estas diferenças e tornar a diversidade e variedade de competências em fatores de vantagem para a organização”, explicou o Comandante Veras. O desenvolvimento de novas competências, como a vontade de aprender coisas novas, acessibilidade, resiliência, solidariedade, entre outras, foi mencionado como dever do líder moderno.

Ao final, o Comandante Veras citou, o que a Marinha do Brasil (MB) tem feito para o desenvolvimento de novos atributos e competências da liderança, como cursos, estágios, projetos e pista de liderança, como a que está sendo criada pelo Com6ºDN no Complexo Naval de Ladário (CNLa) e que tem por objetivo capacitar a liderança dos militares de todos os postos e graduações.

A pista será disponibilizada, também, para aplicação junto a instituições civis. O Comandante do Com6ºDN, Contra-Almirante Carlos Eduardo Horta Arentzfinalizou o evento reforçando alguns dos aspectos abordados pelos palestrantes e comentou a oportunidade de auto-engrandecimento para todos os participantes.

“Desfrutamos de novos conhecimentos que contribuirão para aprimorar a capacitação, a habilidade e a atitude de cada um para tornarem-se líderes no futuro. Enfatizo, ainda, que como servidores do estado, temos uma responsabilidade grande na condução exemplar das atividades e que cada um é um elemento importante na construção do futuro da nossa sociedade”, finalizou.

  • Com informações do CCSM

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here