Comando do 8º Distrito Naval realiza Operação “Ágata” na fronteira oeste do Paraná

Lancha blindada patrulha fronteira fluvial entre Brasil e Paraguai

O Comando do 8º Distrito Naval realizou, entre os dias 10 e 20 de setembro, em conjunto com o Exército, Órgãos de Segurança Pública (OSP) e de Fiscalização (OF), a Operação “Ágata”, intensificando as ações de patrulhamento e controle de rios na faixa de fronteira oeste do estado do Paraná.

A operação, deflagrada a partir das sedes da Capitania Fluvial do Rio Paraná e da Delegacia Fluvial de Guaíra, foi coordenada em ambiente interagências com a finalidade de coibir os ilícitos transfronteiriços (descaminho, contrabando e tráfico).

Cerca de 600 pessoas estiveram envolvidas em ações preventivas e repressivas pontuais, como patrulhamento e controle no lago de Itaipu e em vias fluviais. As revistas de pessoas e embarcações foram constantes, sendo observadas as medidas de restrições sanitárias impostas pela recente pandemia.

A faixa de fronteira tem como principal referência o Lago Itaipu, com cerca de 176 quilômetros de extensão, entre os municípios de Foz do Iguaçu e Guaíra (PR).

No Paraná, nesta área de aproximadamente 67 mil quilômetros quadrados, maior que a superfície do estado da Paraíba, existem 139 municípios (segundo estado com maior número de cidades fronteiriças – de acordo com o IBGE) e uma população próxima a 2.380.000 habitantes.

A Operação está inserida no Programa de Proteção Integrada de Fronteiras, que tem como prioridades o fortalecimento da prevenção das medidas de controle, da fiscalização e da repressão aos ilícitos transfronteiriços e ambientais, fortalecendo a presença do Estado na região.

Fonte: CCSM



Receba nossas notícias em tempo real pelos aplicativos de mensagem abaixo:

Ninguém do DefesaTV está autorizado a entrar em contato com os leitores. Caso deseje de alguma informação envie um e-mail [email protected]

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!