Comando-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais celebra os 154 anos da Batalha Naval do Riachuelo

Os 154 anos da Batalha Naval do Riachuelo, Data Magna da Marinha, foram lembrados pelo Comando-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais (CGCFN), na tarde do dia 10 de junho, em cerimônia realizada na Fortaleza de São José da Ilha das Cobras, Centro do Rio.

A solenidade também marcou a imposição da Medalha Mérito Militar a Oficiais e Praças por decênios de bons serviços prestados à Marinha do Brasil (MB).

Na ocasião, 23 militares receberam a medalha militar de ouro por 30 anos de serviço prestado à MB, 19 militares foram agraciados com a medalha de prata por 20 anos de serviço e 45 militares receberam medalha de bronze em reconhecimento aos 10 anos de efetivo serviço.

Durante a cerimônia, 135 militares foram promovidos, sendo 38 à graduação de Suboficial, 40 a Primeiro-Sargento e 57 a Segundo-Sargento, e tiveram suas platinas e divisas trocadas na presença de seus familiares e convidados.

Em seu discurso, o comandante-geral do CFN, almirante de esquadra (FN) Alexandre José Barreto de Mattos, atribuiu a quantidade expressiva de agraciados e promovidos a uma evolução constante pela qual o Corpo de Fuzileiros Navais vem passando nos últimos tempos, e agradeceu a presença dos familiares e amigos dos militares na solenidade.

“Esse é um dos momentos de maior alegria para o CFN, quando vemos nossos companheiros obtendo reconhecimento institucional pelo trabalho que realizam. O CFN está evoluindo e recebendo sangue novo com essas promoções. E, particularmente, gostaria de enfatizar a presença de nossos familiares e amigos. É uma honra recebê-los nesse momento! Os militares pertencentes ao CFN e aqueles que atuam conosco mesmo não sendo Fuzileiros Navais vivem do amor de suas famílias e do amor ao trabalho. Quando o reconhecimento institucional se une ao reconhecimento e à presença familiar, temos o fortalecimento de que necessitamos para continuar fazendo cada vez melhor nosso trabalho “, disse ele, conclamando uma salva de palmas para os agraciados e promovidos.

Prestigiaram a cerimônia o Comandante da Força de Fuzileiros da Esquadra, Vice-Almirante (FN) Paulo Martino Zuccaro; o Comandante do Material de Fuzileiros Navais, Vice-Almirante (FN) Jorge Armando Nery Soares; o Comandante do Pessoal de Fuzileiros Navais, Vice-Almirante (FN) Cesar Lopes Loureiro; dentre outras autoridades militares.

Batalha Naval do Riachuelo

A Batalha Naval do Riachuelo é considerada pelos historiadores como uma batalha decisiva da Guerra da Tríplice Aliança contra o Paraguai (1864-1870), o maior conflito militar na América do Sul, somente superado em vítimas no novo mundo pela Guerra Civil Americana (1861-1865).

Este slideshow necessita de JavaScript.

  • Com informações do Comando-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais 


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below