Comboios civis de suprimentos dos EUA são atacados por “grupo de resistência” iraquiano

blank

Em 29 de julho, quatro comboios que transportavam suprimentos e equipamentos de logística para a coalizão liderada pelos EUA foram atacados em diferentes partes do Iraque.

O primeiro comboio foi alvo de ataque na província meridional de Dhi Qar, o segundo e o terceiro na província meridional de al-Diwaniyah e o último na província central da Babilônia. Todos os quatro comboios foram alvejados com dispositivos explosivos com apenas alguns minutos de intervalo.

Um grupo pró-iraniano conhecido como Saryat Qasim al-Jabbarin (The Breaker of Titans Company) assumiu a responsabilidade por todos os quatro ataques.

O grupo recém-fundado divulgou um vídeo e fotos do ataque de Dhi Qar, ocorrido em uma estrada perto da cidade de Nasiriyah via redes sociais:

 

 

Os comboios de suprimentos da coalizão liderados pelos Estados Unidos foram alvejados algumas horas depois de um ataque com foguetes que atingiu a Embaixada dos Estados Unidos na fortemente fortificada Zona Verde de Bagdá. Nenhum grupo assumiu a responsabilidade pelo ataque, até agora.

As tentativas dos EUA de rebatizar sua presença militar no Iraque como uma “missão de treinamento” não enganaram as forças pró-iranianas. Os ataques às tropas dos EUA e à missão diplomática no Iraque continuarão claramente.

  • Com informações SANA Syria, RT France, France Inter, Al Jazeera, CBS USA e France 3 via redação Orbis Defense Europe.