Competição virtual envolve militares de dez países durante Estágio Internacional de Defesa Cibernética

O 4º Estágio Internacional de Defesa Cibernética reuniu, em Brasília, militares de dez nações amigas. Promovido pelo Centro de Instrução de Guerra Eletrônica, o evento chegou ao fim nesta sexta-feira (24), após duas semanas de atividades.

O exercício que coroou o estágio ocorreu no dia anterior, com os estagiários colocando em prática os ensinamentos adquiridos. Tratou-se do Capture The Flag (ou CTF), competição na qual os estagiários buscaram soluções para desafios propostos pelos coordenadores no âmbito da segurança da informação.

Durante a CTF, os estagiários empregaram software de produção nacional, o Simulador de Operações Cibernéticas (SIMOC). Para cada desafio proposto, ficou estabelecida uma pontuação específica.

Nesse exercício, os estagiários empregaram aspectos como vulnerabilidades de sistemas operacionais e redes WI-FI, análise e engenharia reversa de códigos maliciosos e criptografia.

A quarta edição do estágio buscou a capacitação de pessoal no desenvolvimento de ações de proteção de redes de computadores e sistemas de informação, a promoção de intercâmbio doutrinário e técnico, além do incremento da cooperação na área de Defesa Cibernética.

A atividade contou com a participação de militares do Brasil, da Argentina, do Chile, do Equador, dos Estados Unidos, da Guiana, da Indonésia, do Paraguai, de Portugal e do Uruguai.



Receba nossas notícias em tempo real pelos aplicativos de mensagem abaixo:

Ninguém do DefesaTV está autorizado a entrar em contato com os leitores. Caso deseje de alguma informação envie um e-mail [email protected]

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here