Conselheiro de Segurança Nacional, John Bolton, diz que EUA buscam formar coalizão para derrubar governo da Venezuela

Os EUA buscam criar uma coalizão, na busca de se conseguir à derrubada do atual governo venezuelano, disse o conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton, neste domingo dia 3. “Estamos sim, tentando obter apoio para a transferência pacífica de poder do ditador Nicolas Maduro para o seu opositor Juan Guaidó, o qual o reconhecemos como presidente interino”, disse Bolton em entrevista ao canal de televisão CNN. Bolton sublinhou que esta coalizão deve ser tão ampla quanto possível para “substituir Maduro e todo o regime corrupto”, acrescentando que “nessa administração não temos medo de usar as palavras Doutrina Monroe”.

A oposição venezuelana tentou do último dia 23, fazer entrar na Venezuela, a partir do Brasil e da Colômbia um comboio de ajuda humanitária que incluía medicamentos e alimentos provenientes dos EUA e de outros países. As autoridades venezuelanas rejeitaram as entregas de ajuda e afirmaram que as declarações sobre a crise humanitária se destinam a justificar uma invasão da Venezuela. A tensão política na Venezuela aumentou desde que, o líder da oposição Juan Guaidó, se declarou presidente interino do país. Os EUA e vários países da Europa e América Latina, inclusive o Brasil, reconhecem Guaidó como presidente interino do país. Rússia, China, Cuba, Bolívia, Nicarágua, Turquia, México e Irã, manifestaram seu apoio ao ditador como presidente legítimo e exigiram que os outros países respeitem o princípio de não interferência nos assuntos internos do país latino-americano.

  • Com informações de agências de notícias internacionais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below