Consórcio Damen Saab Tamandaré aposta na construção modular do projeto SIGMA como diferencial

Subscribe
Voiced by Amazon Polly

Com uma cerimônia de hasteamento de bandeiras, no dia 23 de novembro de 2018, ocorreu no Estaleiro Naval Damen Schelde (DSNS) o lançamento do projeto POLA (Patrulha Oceânica de Largo Alcance), apenas 15 meses após a cerimônia da moeda (do inglês Coin Ceremony), marcando o início oficial da construção. O comissionamento, treinamento e os testes e provas de mar, continuarão em 2019. Mais do que qualquer outra coisa, esta linha do tempo demonstra o poder do processo de construção modular SIGMA, a embarcação naval mais avançada, encontrada em qualquer lugar da América Latina, que pode ser construída em tão pouco tempo.

Na verdade, isso estabelece um novo recorde mundial para a construção de um navio dessa classe e sofisticação. No início do ano passado, um navio de transporte de carga pesada chegou ao porto de Salina Cruz, no México, com o módulo do sistema de combate do POLA, construído na DSNS, da Holanda. No dia seguinte, o módulo foi retirado do porão de carga e colocado no casco flutuante do POLA, onde foi fixado antes que o casco fosse rebocado de volta ao estaleiro ASTIMAR 20 para continuar a colocação do equipamento.

O POLA é uma versão mexicana da fragata Damen SIGMA 10514, um projeto reconhecido que já está em serviço em várias marinhas. Com 107 metros de comprimento e com um feixe de 14 metros, o POLA poderá navegar a velocidades superiores a 25 nós e passar mais de 20 dias continuamente no mar. “Esta embarcação será capaz de realizar várias missões, como salvaguardar a soberania mexicana, a cooperação em segurança internacional, operações de busca e salvamento de longo alcance e ajuda humanitária”, disse Frank Verhelst, diretor de projetos da DSNS. “O POLA também permitirá que o governo mexicano aumente sua cobertura de vigilância e proteja seus interesses marítimos além da Zona Econômica Exclusiva”.

Construção modular de vários estaleiros

O navio está sendo construído usando técnicas de construção modular, com seis módulos representando toda a estrutura. Quatro destes foram construídos no México e dois na DSNS, na Holanda. Estes dois últimos foram então transportados para a ASTIMAR 20 para a integração final sob a supervisão de Damen. “Desta forma, o navio está sendo construído para o México, no México, por mexicanos. A Damen continua sendo a principal contratada, com responsabilidade final pela qualidade e pelo desempenho” ”, continua Frank Verhelst, “A chave para o sucesso nesses projetos em vários estaleiros é o excelente controle de processos e uma estratégia de construção totalmente desenvolvida desde o início que forma a estrutura do projeto a partir do qual todos trabalham”.

Desse modo, a Damen, com seu longo histórico de trabalho conjunto com estaleiros fora da Europa para construir embarcações complexas, transfere conhecimento para a indústria de construção naval mexicana por meio de seu programa global de Cooperação Técnica Damen (DTC, da sigla em inglês). Este projeto, no entanto, aprimorou o conceito da DTC, aplicando a construção modular simultânea em dois continentes. Este formato já provou ser um sucesso na construção de duas fragatas SIGMA 10514 PKR para a Marinha da Indonésia, com a transferência de habilidades permitindo agora a construção no país de todos os seis módulos para qualquer embarcação futura.

Durante a construção dos dois módulos na Europa, uma equipe mexicana ficou baseada na Holanda para monitorar a construção e adquirir o conhecimento dos processos e técnicas envolvidos, para poder construir os módulos avançados em futuros navios do tipo SIGMA, no México. Ao mesmo tempo, a Damen se beneficiou do recebimento de conhecimentos específicos da região da delegação mexicana. A excelente cooperação entre a Damen e a Marinha Mexicana deve-se em parte à sinergia desenvolvida pela construção anterior, em conjunto, de dez navios de patrulha da classe Tenochtitlan, baseados no Damen Stan Patrol 4207, e um navio de abastecimento logístico da classe Isla María Madre, derivado do design Damen Fast Crew Supplier 5009. Esses projetos proporcionaram uma transferência significativa de tecnologia para os estaleiros mexicanos envolvidos e serviram de base para o projeto POLA, muito maior e mais complexo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here