Coreia do Norte denuncia desenvolvimento militar do Japão

Coreia do Norte criticou os recentes passos do Japão rumo ao fortalecimento de suas Forças de Autodefesa, considerando-os uma ameaça à paz e à estabilidade na região

blank

Google News

Em comentário, a Agência Central de Notícias da Coreia (KCNA) realizado no dia 31 de março, uma autoridade norte-coreana declarou que as ambições japonesas de se transformar em uma potência militar têm acelerado desde a tomada de posse do primeiro-ministro do Japão, Yoshihide Suga.

A agência relatou que o ministro da Defesa japonês, Nobuo Kishi, recentemente ordenou que os militares mantivessem preparativos completos em meio a “gravidade e incerteza do ambiente de segurança”, durante a cerimônia de comissão do novo navio Aegis.

“Isto é nada mais do que uma ordem extremamente arriscada para intensificar ainda mais preparativos a fim de iniciar uma agressão continental em qualquer tempo”, diz KCNA.

A mídia referiu-se aos passos recentes do Japão dados para reforçar suas Forças de Autodefesa, incluindo a construção de submarino e de navios de guerra, bem como projetos de desenvolvimento de caças de próximas gerações e um míssil de longo alcance.

Adicionalmente, a Coreia do Norte criticou os esforços do país insular para aumentar suas capacidades de guerra cibernética e eletrônica, assim como intensificar seus exercícios militares conjuntos com outros países da região da Ásia-Pacífico.

“O regime atual do Japão tem gastado a maior quantia de dinheiro de todos os tempos em desenvolvimento, produção e compra de armamento ofensivo”, conforme o comentário.

“A comunidade internacional nunca saúda o Japão por pretender perturbar a paz regional e estabilidade e trazer infelicidade e dor à humanidade de novo”, adicionou.

  • Com agências internacionais


Receba nossas notícias em tempo real nos seguindo pelos aplicativos de mensagem abaixo:

blank

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

Assista nosso último episódio: