Coreia do Norte realiza parada militar de seu 70.º aniversário de fundação sem os seus mísseis balísticos

A Coréia do Norte realizou neste domingo o seu tradicional desfile militar em alusão ao seu 70.º aniversário de fundação, mas por precaução ou algum outro fator não especificado, não fora exibido durante o desfile, seus mísseis balísticos intercontinentais o que era uma característica comum em anos anteriores. Durante o evento uma grande quantidade de veículos militares e soldados marcharam ao lado do líder norte-coreano Kim Jong-un na Praça Kim Il Sung, localizada no coração de Pyongyang, em meio a muitos aplausos da multidão. 

Especialistas disseram que a Coréia do Norte, decidiu não mostrar os avançados mísseis balísticos em uma tentativa de não “aborrecer” o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Kim Jong-un se fez presente ao desfile, ele observou tudo da sacada de uma varanda na Praça Kim Il Sung e estava acompanhado por outros altos funcionários de seu governo, incluindo um enviado especial enviado pelo governo Chinês, Li Zhanshu. Os dois líderes ergueram as mãos em agradecimento ao final do evento. 

Curiosamente, o líder norte-coreano não falou após o fim do desfile, com o chefe do cerimonial, Kim Yong-nam, no que se identificou como uma quebra com uma tradição recente. Em um gesto raro para destacar seu poder militar, o governo norte-coreano convidou jornalistas estrangeiros e turistas para ver o desfile, embora os mesmos não tenham tido permissão de portar seus telefones celular ou transmitir o evento ao vivo, segundo noticiou a CNN.

Fonte e Fotos: RediffNews
Publicado em: 09/09/18
Tradução e Adaptação: DefesaTV



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below