Coreia do Sul avalia aquisição de mais caças F-35

O governo sul-coreano avalia a compra de mais 20 unidades do caça F-35, conforme nota emitida pela agência responsável da compra de armas. A Coreia do Sul já tem encomendado junto a Lockheed Martin 40 unidades do caça de 5ª geração. O negócio está avaliado em cerca de US $ 6,4 bilhões, e foi firmado em 2014.

Os primeiros caças chegaram à Coréia do Sul nos últimos meses. Sendo que três foram exibidos pela primeira vez na semana passada no Dia das Forças Armadas do país, 1º de outubro.

“O governo está se preparando para lançar a segunda fase do projeto F-X III, em 2021, que será a base para os próximos cinco anos “, disse a Administração do Programa de Aquisição de Defesa, no dia 7 de outubro, durante Assembléia Nacional.

Não foi especificado se nesta compra haverá as versões F-35A ou F-35B do caça. Este último possui capacidade de decolagem e pouso na vertical, o que seria útil para o porta-aviões que a Coréia do Sul pretende implantar no início de 2030, mas é mais caro que o F-35A.

A Força Aérea da Coréia do Sul (ROKAF) já tem oito caças F-35A em operação, e aguarda a chegada de mais cinco até o final de 2019. Pilotos e pessoal de apoio foram treinados pela Força Aérea dos EUA em bases nos Estados Unidos.

Durante o evento de celebração do Dia das Forças Armadas, o presidente sul-coreano Moon Jae-in vistoriou os aviões, bem como mísseis e artilharia em exibição em uma base aérea na parte sudeste do país. Mais tarde, ele assistiu ao voo dos F-35A em formação.

Em um discurso, Moon, disse estar “seguro sobre o poder de nossos militares, armados com novos equipamentos como o F-35A, que apresentamos ao mundo pela primeira vez”.

  • Com informações do site Space Daily
  • Tradução e Adaptação: DefesaTV


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below