Coreia do Sul diz que exercícios militares com os EUA, não são direcionados a Coreia do Norte

Segundo a agência Yonhap, o Ministério de Unificação da Coreia do Sul informou que os atuais exercícios militares conjunto com os EUA, não são direcionados a Coreia do Norte. O porta-voz acrescentou que o exercício “não é uma violação dos acordos militares entre o Norte e o Sul”.

“Não é um treinamento de campo dirigido contra o Norte, mas sim um posto de comando simulado com a intenção de preparar a transferência do controle operacional em tempos de guerra (de Washington a Seul)”, falou o porta-voz do ministério, Lee Sang-min.

No dia 11 de agosto, uma autoridade do Ministério de Relações Exteriores da Coreia do Norte declarou que, Pyongyang não manterá contatos com Seul, a menos que uma “desculpa plausível” seja apresentada para os “exercícios de guerra agressivos”.

A Coreia do Norte, por outro lado, realizou cinco lançamentos de projéteis desde o dia 25 de julho. O líder norte-coreano, Kim Jong-un, descreveu esses testes como uma “advertência relevante” contra um novo exercício militar conjunto entre a Coreia do Sul e os EUA.

O presidente dos EUA, Donald Trump, com quem Kim Jong-un se reuniu três vezes desde junho de 2018 para tratar da desnuclearização da península coreana, disse no dia 9 de agosto que, o líder norte-coreano se desculpou em uma carta sobre o recente testes de mísseis e prometeu suspender as atividades assim que as manobras conjuntas de Washington e Seul terminarem.

  • Com agências internacionais


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below