Coreia do Sul revela imagem do projeto de um porta-aviões adaptado aos caças F-35

O Ministério da Defesa sul-coreano, divulgou a imagem de concepção do projeto de modernização do porta-aviões batizado até então de LPX-II. O projeto é baseado no porta-helicópteros da classe Dokdo, o LPX-II é maior e foi reconfigurado para abrigar os caças F-35B com capacidade de decolar verticalmente.

Embora a próxima embarcação seja um porta-aviões leve e não um navio de assalto, ela será maior do que as atuais embarcações sul-coreanas como, por exemplo, o porta-helicópteros da classe Dokdo, que conta com um convés de voo plano e um convés abaixo, capaz de desembarcar navios de desembarque para o transporte de fuzileiros navais e veículos.

O deslocamento do Dokdo totalmente carregado é de aproximadamente 18.800 toneladas, entretanto, o portal Naval News afirma que o LPX-II totalmente carregado ultrapassará as 40.000 toneladas de deslocamento.

Segundo o site Naval News, o LPX-II poderá transportar aproximadamente 20 caças F-35B, além de uma grande diversidade de helicópteros. “O porta-aviões de nível de 30.000 toneladas pode transportar forças militares, equipamentos e materiais, além de poder operar caças capazes de realizarem pouso e decolagem verticais”, afirma comunicado do Ministério da Defesa, citado pela rede CNN.

O contrato do projeto foi concebido à Hyundai Heavy Industries em outubro de 2019, contudo o conceito não deve ser concluído até o final deste ano, e o navio não deve ser comissionado à Marinha sul-coreana até o início de 2030.

  • Com agências internacionais


Receba nossas notícias em tempo real pelos aplicativos de mensagem abaixo:

 

Caso deseje conversar com outros usuários escolha um dos aplicativos abaixo:



Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail