Coronel PM Rogério Figueredo de Lacerda assume como novo Secretário de Estado de Polícia Militar

Voiced by Amazon Polly

Em uma cerimônia realizada, na manhã desta quinta-feira dia 03.01 no pátio do Batalhão de Polícia de Choque (BPChq), ocorreu a transmissão de Comando da Polícia Militar, onde o Coronel PM Coronel Rogério Figueredo de Lacerda recebeu o Comando da Corporação das mãos do Coronel PM Luis Claudio Laviano, que se encontrava no cargo de Comandante-Geral da PMERJ desde março de 2018, após a decretação da Intervenção Federal na Segurança do Rio de Janeiro. O evento contou com a presença do Exmo Srº Governado do Estado Rio de Janeiro, Wilson Witzel, o qual presidiu o evento, do Exmo Srº prefeito da cidade do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella e de autoridades dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, além de representantes das Forças Armadas. 

“Ampliar ao máximo o policiamento ostensivo nos espaços urbanos, sobretudo nas vias expressas e nas áreas de maior incidência criminal”, foram as primeiras palavras de compromisso público, assumido pelo novo Secretário de Estado de Polícia Militar, logo após de ser empossado no cargo. Uma das medidas concretas para viabilizar uma maior presença da Polícia Militar nas ruas, será a duplicação do efetivo do RECOM (Rondas Especiais e Controle de Multidões), unidade criada recentemente com a missão de patrulhar as vias urbanas, além de fazer abordagens a veículos e pessoas.

Em seu pronunciamento durante a cerimônia, o Coronel PM Figueredo ressaltou que a troca de Comando ocorre num momento histórico para a bicentenária e vitoriosa Corporação, ao lembrar que a Polícia Militar do Rio de Janeiro, mais de 20 anos depois, volta a obter o status de Secretaria de Estado. “A mudança amplia nossos horizontes de ações, nos concede mais autonomia, nos oferece um protagonismo maior tanto na formulação de políticas públicas de segurança quanto na condução dos rumos internos de nossa Corporação. Em compensação, o novo status aumenta de forma significativa a nossa responsabilidade. Somos agora os responsáveis diretos por gerir os recursos públicos destinados à recém-criada Secretaria Estadual da  Polícia Militar”, disse o Coronel PM Figueredo.

O novo Secretário da Polícia Militar parabenizou seu antecessor, ressaltando o empenho e dedicação do Coronel PM Laviano, para recolocar a Corporação em melhores condições de cumprir sua missão, lembrou os benefícios produzidos pela Intervenção Federal e agradeceu ao Governador Wilson Witzel por ter-lhe confiado uma missão tão nobre e relevante.  Ao discursar para os convidados e para policiais militares de diferentes unidades que se encontravam perfilados no pátio, o Governador Wilson Witzel se comprometeu a defender e apoiar os policiais no desempenho de sua missão e trabalhar pela integração de todos os órgãos de segurança do Estado.

O Coronel PM Laviano agradeceu o apoio de todos que contribuíram para que, se cumprisse com êxito, a sua gestão frente a Corporação e prestou uma homenagem especial aos policiais que tombaram ou ficaram mutilados no cumprimento do dever. “Choramos em silêncio a morte dos nossos camaradas diante da indiferença da maioria. Mesmo assim, não recuamos. Continuamos lutando ferozmente contra todas as injustiças, o descumprimento da lei, sem jamais nos acovardarmos”, ressaltou o Coronel PM Laviano. Encerrada a solenidade no pátio do BPChq, os oficiais e convidados seguiram para o Salão Nobre da unidade para acompanhar a posse do Coronel Márcio Basílio como Subsecretário Geral da Polícia Militar.

O novo secretário de Estado de Polícia Militar

O Coronel PM Rogério Figueredo de Lacerda tem 48 anos, dos quais 28 dedicados à Polícia Militar. Atuou como instrutor e comandante do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP); desempenhou funções em áreas administrativas e de assessoramento do Comando-Geral, como também nas áreas de Inteligência, Operacional e Correcional. Foi Comandante do 37º BPM (Resende) e do 18º BPM (Jacarepaguá). Antes de assumir o cargo de Secretário de Estado de Polícia Militar, o Coronel PM Figueredo estava à frente da Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP). No campo acadêmico, tem formação em Comunicação Social, Educação Física, além de concluir o Curso Superior de Polícia Integrada e MBA em Gestão de Segurança Pública.

*Com informações da Seção de Comunicação Social da PMERJ

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here