Depois de conquistar Manaus (AM), emissora chega a Três Corações (MG) e prepara Resende (RJ) para 2021

blank

A Rádio Verde-Oliva FM 98,7, em Brasília (DF), é o embrião do Sistema Rádio Verde-Oliva. Sua história começou, efetivamente, em 12 de junho de 2002. Essa data tem tudo a ver com música, porque é o Dia dos Namorados. Qual namoro não tem uma música-tema? A missão da Rádio Verde-Oliva tem sido conquistar ouvintes por meio da informação e da execução de música de qualidade. Esse objetivo está inter-relacionado com seu slogan: “Verde-Oliva FM – Sinal Verde para a boa música”.

Em 2019, o Sistema Rádio Verde-Oliva superou o desafio de instalar sua primeira afiliada. A Rádio Verde-Oliva Manaus 98,3 FM, no Amazonas, está seguindo os passos da sede em Brasília, atraindo ouvintes com boa música e com informações relevantes.

Neste ano, a ampliação segue a todo vapor e vamos chegar a Três Corações (MG). Inicialmente, foram realizados os trabalhos de escolha do local da emissora naquela cidade. Agora, finalizam-se os processos licitatórios e as construções.

Em 2021, o Sistema Verde-Oliva FM chegará a Resende (RJ), à Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), onde são formados os oficiais combatentes do nosso Exército. O canal da emissora, naquela cidade, já foi concedido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

Segundo o Chefe do Centro de Comunicação Social do Exército, General de Divisão Richard Fernandez Nunes, a expansão do Sistema Rádio Verde-Oliva segue a orientação do Alto-Comando do Exército. “É com a visão de futuro de uma expansão sempre associada aos interesses do Exército Brasileiro e da sociedade, em nosso país, que voltamos os olhos para tudo aquilo que vamos desempenhar. Parabéns a todos que fazem a Rádio Verde-Oliva pelos êxitos que já alcançaram e meus votos de que muitos outros venham no futuro. Muito obrigado”, agradeceu o General Richard.

O sucesso sempre é maior quando os parceiros comungam dos mesmos valores e ideais. Nesse sentido, a Fundação Habitacional do Exército – FHE POUPEX é uma parceira e apreciadora do Sistema Rádio Verde-Oliva, conforme avalia seu presidente, o General de Exército Araken de Albuquerque. “Considero a Rádio Verde-Oliva um dos principais canais de comunicação com os quais temos parceria, pois ela alcança diretamente os militares do Exército nas cidades onde está presente e em locais muito distantes, pela internet. Além de manter uma programação musical de primeiríssima qualidade, a emissora veicula notícias de interesse do público das Forças Armadas e dos civis, com eficiência e celeridade. Por isso e muito mais, a Rádio Verde-Oliva FM é uma grande aliada na divulgação dos produtos e serviços da FHE POUPEX e de seus benefícios para a família militar. Parabéns pelo 18º aniversário! Continue cumprindo o seu papel com excelência”, conclama o General Araken.

Para o Diretor Executivo da Fundação Cultural Exército Brasileiro (FUNCEB), General Juarez Genial, a parceria que viabilizou o Sistema Rádio Verde-Oliva é vitoriosa. “A Rádio Verde-Oliva leva à população brasiliense e ao mundo, via internet, uma programação moderna, que busca promover valores cívicos e culturais do país com música de qualidade, notícias nacionais, internacionais e militares, utilidade pública e variedades. A rádio é importante para a FUNCEB e a FUNCEB é importante para a rádio, pois essa parceria traz credibilidade para ambas e gera grandes projetos, como se verifica ao longo desses 18 anos. Logo, o Sistema Verde-Oliva de Rádio é uma realidade que vai permitir ao Comando do Exército transmitir, com qualidade, suas diretrizes e ações, e exercer sua liderança, usando tão importante instrumento de comunicação. A FUNCEB espera que os frutos dessa parceria sejam longevos”, externa o General Genial.

Além das parcerias que viabilizam o Sistema Rádio Verde-Oliva, há um intenso trabalho para manter a melhor plástica e a mais apurada programação para a rádio, tanto em Brasília quanto em Manaus. Para exemplificar, a música internacional mais tocada, em maio deste ano, foi “Imperfections”, de Celine Dion, e a nacional foi “A tal canção pra Lua”, de Vitor Kley e Samuel Rosa, temas reveladores de apreço ao que há de melhor na música em diferentes contextos.

Segundo o programador Sargento Cristiano Alves da Silva, o processo de escolha na grade da rádio baseia-se na busca de músicas que fizeram parte da vida das pessoas num determinado período. Nesse sentido, procurasse um alinhamento com a plástica da rádio e com as emissoras de mesmo perfil musical. A Verde-Oliva possui um cadastro “inteligente” com regras de execução de cada um dos temas do seu banco musical. Isso faz parte de um conjunto de ferramentas utilizadas pelo programador, associado ao bom senso e ao feeling musical.

Outros meios expandem o trabalho realizado pela Rádio Verde-Oliva FM, entre eles uma série de playlists temáticas, que se encontram no Spotfy e no Deezer. Em datas significativas, como os 60 anos de Brasília, Dia das Mães, Dia do Meio Ambiente e Dia dos Namorados, são elaboradas listas de músicas para esses canais de transmissão. (Confira Spotfy -Dia dos Namorados da Rádio Verde-Oliva.)

Outra maneira de ampliar o trabalho da rádio é com o podcast. O “Braço Forte, o podcast do Exército Brasileiro”, trata de assuntos de interesse da Força, que são discutidos com mais profundidade. O trabalho da Rádio Verde-Oliva no Braço Forte deve-se à expertise e às condições técnicas que ela oferece para desenvolver esse produto. (Confira o podcast “Braço Forte – Exército Amplia Instalação de Energia Renovável no 1º Pelotão Especial de Fronteira/Tiriós).

Finalmente, comemorar 18 anos no Dia dos Namorados é uma satisfação para a Rádio Verde-Oliva FM. A maior das nossas parcerias é com o ouvinte, um namoro que está firme há 18 anos. Eles nos seguem, participam de nossas promoções, acompanham nossa programação informativa e musical. Logo, como diz “A tal canção pra Lua”, nós queremos voar com nossos ouvintes, conquistando-os e diminuindo distâncias, porque, às vezes, miramos na Lua e acabamos acertando as estrelas, conforme diz essa canção.

Histórico

A Rádio Verde-Oliva FM – 98,7 MHZ, emissora da Fundação Cultural Exército Brasileiro, teve seus primeiros estudos para implantação conduzidos pelo Centro de Comunicação Social do Exército no ano de 1996. No entanto, somente em 1999 foi concedida a outorga do único canal de radiodifusão educativa em frequência modulada disponível no Distrito Federal.

No decorrer do ano de 2000, o andamento do processo legal e técnico continuou e, finalmente, em dezembro de 2001, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou a inclusão do canal 254e, Brasília (DF), no Plano Básico de Distribuição de Canais de Radiodifusão Sonora em FM.

Em fevereiro de 2002, o Ministério das Comunicações concedeu permissão à Fundação Cultural Exército Brasileiro para executar o serviço de radiodifusão sonora em FM, com fins estritamente educativos e culturais, na cidade de Brasília. A partir de abril desse mesmo ano, começaram, então, os testes de transmissão e, no dia 12 de junho, às 10 horas da manhã, deu-se a tão esperada inauguração.

Em 2009, a sua potência de transmissão foi ampliada para 20KW, com a finalidade de atender a todo o Distrito Federal e às cidades do entorno.Em 2016, foi feita a modernização dos equipamentos dos estúdios da Rádio Verde-Oliva FM, com a geração de sinal digital e, em 2019, houve a inauguração de um novo estúdio no Forte Caxias e a inauguração da Rádio Verde-Oliva 98,3 FM em Manaus.

Fonte: CCOMSEx