Dos jatos da Embraer ao uso de dirigíveis no Brasil, conheça o setor de Aeroespaço e Defesa do BNDES

O Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) tem longo histórico de apoio ao desenvolvimento do setor de Aeroespaço e Defesa (A&D) brasileiro. Seja com o financiamento de projetos de novas aeronaves ou apoiando a exportação desses bens.

Independentemente do formato o Banco vem contribuindo para a estruturação do setor e para o sucesso da Embraer (Boeing Brasil-Comercial), hoje uma das maiores fabricantes mundiais de aviões.

A atuação do BNDES sempre esteve acompanhada por uma produção regular de análises a respeito do setor, que inclui estudos sobre os seus diferentes segmentos de mercado, suas necessidades e meios de financiamento, suas perspectivas de futuro e sobre a própria contribuição do Banco.

Com o intuito de ampliar o acesso a esse conhecimento, parte desses artigos foi reunida agora em uma edição temática do BNDES Setorial, dedicada ao setor de aeroespaço e defesa. Confira a seguir o que se encontra no BNDES Setorial – Edição A&D:

  • 23 artigos sobre o setor, produzidos entre 2010 e 2018.
  • Mais de 900 páginas de conteúdo especializado.
  • Quatro seções temáticas: análises de mercado; necessidades e meios de financiamento; contribuições do BNDES; e panoramas setoriais e projeções.
  • Textos sobre aviação executiva a jato, dirigíveis, helicópteros civis, indústria de defesa e segurança, empresas aéreas de baixo custo, entre outras.
  • Estudos sobre estrutura e modelos de financiamento do setor, abordando papel das agências de crédito à exportação, bancos, lessors e seguradoras, além de temas como leasing aeronáutico, garantias e indicadores para análise econômico-financeira das empresas do setor.
  • Artigos sobre a trajetória da Embraer e apoio financeiro do BNDES.
  • Estudos sobre concorrência/acordos entre as grandes fabricantes mundiais de aviões: Boeing, Airbus, Bombardier e Embraer.

Ficou interessado e quer saber mais sobre, então clique aqui e baixe o PDF

  • Com informações da Agência BNDES

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below