Embaixador iraniano alerta governo britânico contra tensões crescentes

O embaixador do Irã no Reino Unido, Mohsen Omidzamani, fez um alerta em relação ao aumento das tensões nesse domingo (21), após uma autoridade do governo britânico ter se recusado a descartar sanções em resposta à apreensão por Teerã de um petroleiro de bandeira britânica.

O Reino Unido chamou na sexta-feira (19) a captura do Stena Impero pelo Irã no Estreito de Hormuz de “ato hostil”. O Reino Unido precisa conter “aquelas forças políticas domésticas que querem aumentar a tensão existente entre o Irã e o Reino Unido para bem além da questão dos navios”, disse o enviado do Irã ao Reino Unido, Hamid Baeidinejad, via Twitter.

“Isso é muito perigoso e imprudente em um momento delicado da região”, afirmou ele acrescentando que o Irã “está firme e pronto para diferentes cenários”.

Ataque

O ministro da Defesa do Reino Unido, Tobias Ellwood, não descartou a possibilidade de atacar Teerã com sanções. “Nossa primeira e mais importante responsabilidade é garantir que tenhamos uma solução para a questão do navio atual, certificando-nos que outros navios de bandeira britânica estejam seguros para operar nessas águas e, em seguida, olhar a figura mais ampla”, disse à Sky News.

Questionado sobre a possibilidade de sanções, ele disse: “Vamos analisar uma série de opções … Estaremos conversando com nossos colegas, nossos aliados internacionais, para ver o que realmente pode ser feito”. A captura do Stena Impero por Teerã ocorreu após a captura em 4 de julho pela Marinha Real britânica do navio Grace 1, transportando petróleo iraniano perto de Gibraltar.

  • Com informações da agência Reuters


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below